Autor
Pedro Lino, Economista
Artigos

Tratado de Tordesilhas

Estima-se que, entre necessidades de financiamento e défice, os EUA terão de emitir cerca de 1,7 biliões de dólares em 2019, para os quais são necessários investidores. A pressão sobre o dólar pode afetar a economia europeia.

Confusão

Estamos a terminar mais uma década com níveis de desigualdade históricos, com o fosso entre a Europa e os EUA a aumentar.

Leilões

Nenhuma greve ou problema deve ser politizado, sob pena de termos uma sociedade que reage aos ‘likes’ e toda uma gestão de curto prazo ao invés de estabilidade.

Realidade à vista

A não ser que a Europa recupere rapidamente o seu crescimento e que a China chegue a um acordo comercial, 2019 será um ano de forte abrandamento na economia nacional.

Tempos difíceis

A subida de taxas de juro nos EUA deverá atingir os 3% em 2019, tornando o fardo da dívida incomportável, uma vez que os gastos em juros irão disparar.

Fio condutor

A poupança fica mais uma vez esquecida, sem incentivos para aplicações de longo prazo, uma vez que o consumo rende sempre mais a curto prazo em impostos.
Ver mais artigos