Autor
Raul de Almeida, Politólogo
Artigos

De Maio a Abril…

Nesta guerra, interessa pouco o que Cavaco fez realmente, ou permitiu que se fizesse. Nesta guerra, o que conta é a memória de Cavaco no colectivo nacional. Costa prova que não sabe gerir contrariedades e dificuldades.

Os culpados e os cúmplices

Há um enorme equívoco quando a direita engole acrítica o embuste que a esquerda vende há mais de um século. A ânsia desta direita é, aparentemente, ser de esquerda.

A perversa instrumentalização das vítimas

O terrorismo islâmico faz vítimas permanentes, a começar pela enorme comunidade islâmica que gostaria de viver em paz e paga muitíssimo cara a deriva radical dos mercenários da sua fé.

O Carnaval do nosso descontentamento

Nenhum daqueles para quem voltamos o olhar e a esperança num futuro melhor, sabe estar à altura da postura pública que tal missão implica.

As obras do diabo

Valerá a aberta tentativa de perseguição à Igreja a secundarização de uma preocupante infinidade de vítimas, obviamente, a maioria? Ajudará isto a globalidade das vítimas?

Adiós, Bolívar

Portugal apostou no único futuro possível, a nossa comunidade na Venezuela dificilmente poderá ficar pior do que já está, exigia-se este pragmatismo ao Estado.
Ver mais artigos