Autor
Ricardo Monteiro, Comentador
Artigos

Vamos acabar com isto ou como é difícil ser de esquerda

O Bloco quer acabar com os vistos gold e o regime especial de IRS. Como se estivéssemos sós no mundo e, ao acabarmos com a coisa por cá, não houvesse muitos que imediatamente se substituiriam a nós.

Obviamente, demito-o… ou talvez não

A incompetência gerada pela impossibilidade de responsabilizar, demitir e substituir quem não merece o salário pago e a responsabilidade confiada, eis a causa de tudo o que incendeia a nossa sociedade.

Um homem, dez mil votos

Os ricos não estão muito preocupados com a desigualdade. Preocupam-se mais com causas que desestabilizam a ordem socioeconómica estabelecida onde eles florescem: o crime e a imigração, por exemplo.

Entra o rico, sai o pobre…

Pensar que o que aconteceu em Lisboa e Porto foi uma desgraça é, pura e simplesmente, falso. Pulsam de vida e de atividade. E levantaram o País consigo.

Trabalhar já não é d’homem…

Se observarmos o grupo etário de homens ativos situado entre os 24 e os 55 anos, um grupo não afetado por nenhuma das três boas razões pelas quais há cada vez menos homens a trabalhar, verificamos que também aí a percentagem de inativos passou de uns meros 4% em 1950 para uns significativos 11% hoje.

Todos os dias vivemos momentos de “singularidade”

É a primeira vez na história da humanidade que estamos confrontados com uma tecnologia que se destina não a substituir uma outra mas sim a substituir-nos a nós próprios.
Ver mais artigos