InícioNotícia escrita porRicardo Sant'Ana Moreira, Investigador em Trabalho e Segurança Social

O acordo entre patrões, UGT e Governo deixa cair a promessa de penalização das empresas que apostam na precariedade como modelo de negócio.

António Costa talvez ainda não tenha percebido, mas este caminho de abertura de conflito com a esquerda é o que melhor serve o crescimento do Bloco e do PCP.

A situação era particularmente injusta: estavam a falsos recibos verdes e com baixos salários para um empregador que fugia à lei e que depois as obrigava a contribuições que tinham dificuldade em manter.

Uma súbita alteração da política do Governo pôs todo esse trabalho em causa. Já se tinha percebido que o PS queria cristalizar as alterações à lei laboral do tempo da troika e defendidas por PSD e CDS.

Em Portugal, as famílias mais pobres têm uma taxa de sobrelotação da habitação sete vezes superior às famílias mais ricas.

A lei de 2012 era totalmente desequilibrada, criou um problema muito maior do que aquele que existia e, em 2018, nem a própria Assunção Cristas tem coragem de a defender.

A Escola Pública é para todas as pessoas que vivem no país, independentemente dos seus pais terem ou não documentos regularizados.

Como é que uma universidade, cuja finalidade é investigar e ensinar, o faz sem investigadores e professores?