Autor
Rita Garcia Pereira, Advogada
Artigos

Cinco minutos do vosso tempo

Ser solidário não é, apenas, andar ao sabor das causas que a comunicação social nos procura impor, fazendo uns gostos em publicações de redes sociais. É estar atento. Reclamar.

Nem (mais ) um passo atrás

Hegel escreveu que a história se repete, pelo menos sempre duas vezes, tendo Marx acrescentado que a primeira como tragédia e a segunda como farsa

O eixo do mal

Talvez não sejamos um país assumidamente racista mas somos, claramente, dos mais hipócritas. Desde que encontre eco nas redes sociais ou na comunicação social, qualquer causa é óptima se não implicar mais do que escrever umas linhas, de preferência sentados.

O carteiro toca sempre (pelo menos) duas vezes…

Esbarrei numa fabulosa notícia segundo a qual o Banco de Portugal tenta, há dois anos, notificar Tomás Correia, sem aparentar conseguir fazê-lo. O mesmo Banco de Portugal que nos afiança, ano após ano, ter tudo controlado.

Não há almoços grátis…

No ‘caso Isabel dos Santos’ ninguém viu nada mas, neste momento, todos criticam, incluindo o Banco de Portugal. É uma pena que seja tão lesto no que se reporta aos pequenos devedores e deixe escapar os monstros.

Partidos políticos ou a nova Guerra dos Tronos

É verdade que Costa tem engenho e arte mas parte do seu êxito assenta inequivocamente no demérito de uma quase inexistente oposição, ocupada que está a discutir o novo pretendente ao respectivo trono.
Ver mais artigos