Autor
Rui Calafate, Consultor de Comunicação
Artigos

O “polícia” Jorge Fonseca e os impunes

Mario Conde levou o seu aparente brilho para trás das grades, e ali morreu o ícone. Por cá, já sabemos, julgamentos e condenações, nada.

Ricardo Salgado, da Sardenha com amor

São os passeios e a desfaçatez do antigo “Dono Disto Tudo” que estão na génese da desconfiança das pessoas face a muitos empresários que não merecem qualquer sombra de dúvida.

A mão invisível na Justiça

Não pode ficar a sensação que a espectacular operação de detenção do presidente do Benfica se realizou naquele dia para servir de biombo ou cortina de fumo de erros da Justiça ou outros interesses.

Os pilantras dormem na prisão

Portugal parece há muito emaranhado num teatro do absurdo, com protagonistas ridículos e elites medíocres e incultas que atolaram o país num pântano de falta de vergonha. Não podemos permitir que a impunidade se instale.

Marcelo e o seu sangue

Marcelo Rebelo de Sousa escreve com a mão esquerda e a direita e ainda consegue ditar discursos ao mesmo tempo.

Os imbecis da TAP e o padre

O Ministério das Infraestruturas pode estar indignado, porém, há algo que é evidente: os directores da TAP são desprovidos de bom senso, logo, não podem continuar nos lugares que ocupam.
Ver mais artigos