Autor
Silvia Vasconcelos, Deputada CDU
Artigos

Sobre os custos de transporte e da estrutura portuária na RAM

É facto que este assunto tem de ser devidamente ponderado e reivindicado junto à União Europeia (UE), nomeadamente na prorrogação da legislação e numa nova abordagem na regulamentação, nomeadamente no que às regiões ultraperiféricas (RUP) diz respeito.

Desincentive-se a plantação de eucaliptos!

É necessário travar a expansão do eucalipto no país, e na Região, e combater a liberalização da sua plantação indiscriminada, através de um novo regime jurídico! É que os focos de floresta ardidos entre nós, têm reincidido precisamente nas grandes áreas de eucaliptais!

O Estado da Região nos últimos três anos de Governo

Têm sido 3 anos em que ainda não é visível a eliminação da exploração em alguns sectores de trabalho, nem as desigualdades sociais, crescentes e evidentes. E em que em termos socioeconómicos, continuam a prevalecer os grandes interesses económicos e financeiros.

Cortes do Quadro Europeu Plurianual, para a Região

Os cortes que penalizam o país e a Região são inaceitáveis e contrariam os nossos interesses e necessidades de desenvolvimento económico e social, e só contribuirão para a desproporção de Portugal face a outros países da UE, e para o aumento de injustiças e desigualdades num país, e numa Região, cujo aparelho produtivo há muito que foi preterido pela dependência externa.

Falta transparência nas listas de espera no Sistema Regional de Saúde

A este facto não é alheio a falta de meios técnicos e humanos, o que aliás é transversal a todas as áreas do SRS, e enquanto isto temos milhares de utentes em listas de espera na nossa Região, com as implicações que isso comporta, no que concerne à sua qualidade de vida e bem-estar, e até à própria sobrevivência.

O estado da Saúde na Região Autónoma da Madeira

É verdade que se tem assistido a um conjunto de soluções pontuais, tipo “penso rápido”, avançadas pela tutela, sobretudo quando as várias lacunas são sinalizadas e denunciadas na comunicação social, mas que em termos estruturais não têm sido suficientes para a crescente procura de cuidados de saúde, o que requer per si, um debate profundo em torno desta problemática regional, de modo a esclarecer se as causas são só financeiras, ou também organizacionais ou de planeamento e gestão.
Ver mais artigos