Autor
Tiago Freitas, analista em Assuntos Europeus
Artigos

O 39, o 49 e o 51!

Se tomarmos em atenção que o orçamento regional para o ano que agora finda, no seu instrumento de investimento – PIDDAR – previa quase 700 milhões de euros de investimento, 50 % dos quais financiados por fontes regionais, percebemos que a principal ferramenta de solidariedade nacional para as politicas de desenvolvimento e investimento da Madeira contribui com apenas 10 % das verbas necessárias.

Incentivos fiscais à poupança? Sim!

Uma crise acionista-bolsista, com uma queda abrupta no valor dos títulos, decorrentes da putativa incapacidade das empresas de suportar os encargos de juros associados a compromissos entretanto assumidos, num cenário de inevitabilidade de subida do preço do dinheiro, sustenta esta nova teoria de “fim do mundo”.  Parece-me absolutamente exagerado.

RIO é Mau, Vote no RIO!

O que ninguém imaginava, nem os mais descrentes,  é que o consulado -Rio seria “isto”. Uma guerra civil permanente, com o grupo parlamentar, com as concelhias, mas também com os “seus”, a própria direção e secretariado-geral, com inúmeras demissões e afastamentos.

O poder

O Poder, e as suas mais variadas manifestações, é estudado, refletido e executado desde que o homem se organiza em grupo. Apesar disso, nos últimos anos, percebemos uma importante evolução do seu significado. Na forma como é executado. E não é pelas melhores razões, como mais à frente perceberemos. Além dos poderes instituídos pelo separação […]

Gozar

Só para os residentes na Madeira, o Estado terá alegremente pago no ano passado 38 milhões de euros de reembolso.

A verdade dos fundos

O impacto social dos fundos mede-se, principalmente nas medidas de fomento ao emprego e de combate à inatividade laboral.
Ver mais artigos