Autoridades confirmam pelo menos cinco mortos nos incêndios na Califórnia

Várias zonas do Estado da Califórnia estão hoje a lidar com pelo menos seis incêndios de grandes proporções, com três considerados como “críticos” pelos bombeiros locais.

Os corpos carbonizados de cinco pessoas foram encontrados no interior de veículos que foram atingidos pelas chamas de um dos vários incêndios florestais que estão a deflagrar no Estado norte-americano da Califórnia, informaram as autoridades locais.

O gabinete do xerife do condado de Butte, na zona norte da Califórnia, indicou que as vítimas foram todas encontradas na mesma área localizada na cidade de Paradise, que fica a cerca de 300 quilómetros de São Francisco.

Várias zonas do Estado da Califórnia estão hoje a lidar com pelo menos seis incêndios de grandes proporções, com três considerados como “críticos” pelos bombeiros locais.

O diretor do Departamento da Floresta e Proteção de Incêndios da Califórnia, Ken Pimlott, disse que os bombeiros estão concentrados em salvar vidas e prosseguem a retirada de pessoas das zonas mais críticas.

Um incêndio que deflagrou no norte da Califórnia implicou a retirada de 157.000 pessoas das suas casas, precisaram as autoridades locais, que admitiram, ao longo da tarde, a possibilidade de existirem diversos mortos e feridos, mas sem precisar eventuais números.

O fogo perto da cidade de Paradise, norte da Califórnia, já atingia uma área de perto de 258 quilómetros quadrados.

Um outro incêndio a noroeste de Los Angeles estava a propagar-se em direção ao Oceano Pacífico devido aos fortes ventos, tendo sido ordenada a retirada dos residentes da povoação costeira de Malibu.

Ler mais
Recomendadas

Brexit: May garantiu apoio do governo para novo acordo

Ao longo de três horas, o governo britânico reuniu para discutir os pormenores do que Theresa May chamou de “proposta ousada”, para obter apoio parlamentar para o seu acordo de ‘Brexit’.

União Europeia coopera com Albânia no controlo das fronteiras

A iniciativa inscreve-se num novo capítulo do controlo das entradas ilegais no espaço comum por parte da União Europeia. Acordos semelhantes foram assinados com outros países balcânicos.

“Manter os telefones atualizados é do interesse de todos”. Google mantém para já atualizações nos Huawei

“Esta licença temporária permite-nos continuar a providenciar atualizações de software e correções de segurança para modelos existentes nos próximos 90 dias”, assegura a Google em comunicado.
Comentários