Barómetro dos mercados a meio da semana

Após uma entrada fulgurante no ano novo, os mercados acionistas nos EUA acabaram janeiro e iniciaram fevereiro da pior forma, com quedas fortes, pressionados pela subida das 'yields'. O impacto espalhou-se às restantes praças globais e ao mercado petrolífero.