B&B Hotels quer abrir um hotel por semana e afastar-se dos preços de Lisboa

“Em 2018 abrimos 54 novos hotéis. Para 2019 a expectativa do grupo é abrir, pelo menos, um hotel por semana”, disse o presidente executivo do B&B Hotels Espanha e Portugal, Jairo González, em declarações à Lusa.

A B&B Hotels quer abrir, a nível mundial, pelo menos, uma unidade por semana e pretende afastar-se do centro de Lisboa, devido aos valores “desproporcionais” aplicados, disse à Lusa o presidente executivo do grupo em Portugal e Espanha.

“Em 2018 abrimos 54 novos hotéis. Para 2019 a expectativa do grupo é abrir, pelo menos, um hotel por semana”, disse o presidente executivo do B&B Hotels Espanha e Portugal, Jairo González, em declarações à Lusa.

De acordo com o responsável, a marca pretende optar por localizações que permitam uma construção “rápida, compacta e de muito boa qualidade”.

Apesar de ressalvar que o grupo gostaria de estar mais centralizado, Jairo González notou que, para aplicar preços aceitáveis a todos os clientes, os hotéis têm de estar “numa localização onde os custos sejam razoáveis e não a pagar os preços desproporcionais, como os que estão a ser praticados no centro de Lisboa”.

O responsável adiantou ainda que a marca tem “vários projetos em marcha” em Portugal, que deverão abrir no prazo máximo de dois anos, em distritos como Lisboa, Porto, Viseu, Vila Nova de Gaia e Viana do Castelo.

Esta terça-feira teve início a construção de um hotel em Sacavém, distrito de Lisboa, que levou a um investimento de 13 milhões de euros.

Até ao final do ano, prevê-se ainda o arranque de novas construções no Montijo, no distrito de Setúbal, e em Oeiras, no distrito de Lisboa, com investimentos de seis e sete milhões de euros, respetivamente.

Questionado sobre a possibilidade da construção de uma unidade no Montijo estar associada à transformação da base aérea em aeroporto civil, Jairo González vincou que o hotel iria nascer na localidade, independentemente do novo aeroporto avançar.

“O aeroporto é finalmente uma realidade e vai ajudar muito o hotel. No entanto, a construção do hotel não estava condicionada à decisão sobre o aeroporto”, afirmou.

No que se refere à criação de postos de trabalho e apesar de não adiantar números globais, o responsável indicou que um hotel como o de Sacavém, próximo do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, permite a criação de 20 postos diretos.

A B&B Hotels é uma cadeia de hotéis que teve início em França em 1990. Desde então, já abriu unidades em países como Alemanha, Itália, Marrocos, Polónia, Espanha e Portugal, tendo mais de 500 hotéis em toda a Europa.

Ler mais
Recomendadas

Lucros da REN recuam 8,1% em 2018 devido à CESE

REN anunciou redução dos lucros em 2018 e justificou a quebra com a subida da taxa de imposto.

34 anos depois, Wall Street volta a ‘vestir’ Levi Strauss. Regresso com subida superior a 30%

Para regressar aos mercados, a empresa colocou em circulação 36,66 milhões de ações, que chegaram aos investidores com um preço fixado de 17 dólares por título, um valor superior ao valor de referência fixado na oferta de saída que se situava entre os 14 e os 16 dólares.

Grupo Sonae investiu 1,2 mil milhões em 2018

O grupo não está preocupado com a entrada da Mercadona no território nacional – “já enfrentámos franceses e alemães”. E, por outro lado, ainda não desistiu de todo do IPO que, em 2018, não conseguiu levar por diante com a Sonae MC.
Comentários