BBVA multado em 83 milhões de euros por causa de operação irregular nos EUA

O grupo bancário espanhol contesta o veredicto que considera ser “injusto” e pondera recorrer da decisão do tribunal de Dallas. Em causa está uma operação de venda de crédito datada de 2009.

O Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) acaba de perder uma batalha judicial nos Estados Unidos da América (EUA) por causa de uma operação que realizou há cerca de oito anos. A Compass, filial do grupo bancário espanhol, foi condenada por um tribunal de Dallas, Texas, a pagar 83 milhões de euros em multas, devido a uma transação irregular, noticia hoje o jornal espanhol “El Economista”.

Fontes do BBVA garantiram ao “El Economista” que discordam da decisão e estão a ponderar recorrer, classificando o veredicto como “injusto”. A sentença estipula que a BBVA Compass deverá pagar cerca de 38 milhões de dólares ao queixoso, o promotor imobiliário David Bagwell, e mais de 20 milhões de dólares a um conjunto de empresas detidas pelo mesmo Bagwell. Terá ainda que desembolsar outros 40 milhões de euros por “danos punitivos”.

Relacionadas

Lucros do BBVA aumentam 23%, para 3.449 milhões de euros

O BBVA justificou o crescimento com impulso de certos fatores chaves, como as “receitas, o controlo das despesas operacionais e a redução de custos”.

BBVA aumenta 26% os lucros para 2,3 mil milhões

O Grupo BBVA manteve nos seus planos de redução de custos e melhoria da eficiência durante a primeira metade do ano. Como resultado, o número de empregados do grupo BBVA foi reduzido em 3,6% para um total de 132.321 trabalhadores.

BBVA Autorenting vende subsidiária à Société Générale

A transação, cujo montante é desconhecido, vai encerrar no terceiro trimestre, informa o elEconomista.

BBVA sofre perdas operacionais de 608 milhões em Espanha

O banco reduziu em 1.452 o número de trabalhadores só em Espanha em 2016, avança o El Economista.
Recomendadas

Governo aprova benefícios fiscais para investimentos de 400 milhões de euros

Investimentos representam 390 milhões de euros e a criação de postos de trabalho.

Produção automóvel em Portugal cresce 101,5% em setembro

A Europa continua a ser o mercado líder nas exportações dos veículos fabricados em território nacional – com 90,2 por cento – com a Alemanha (21,4%), França (14,6%), Itália (11,9%) e Espanha (10,1%) no topo do ranking.

Costa sobre as negociações do Brexit: “Ninguém tem interesse em que não haja acordo”

Muitos dossiês foram desbloqueados e o que resta nesta “ponta final” das negociações é a questão da fronteira da Irlanda com a Irlanda do Norte, que admitiu ser “delicada e difícil”, esclareceu o primeiro-ministro sobre as negociações com Londres sobre a saída do Reino Unido da União Europeia
Comentários