BCE aprova novos administradores do BPI

Os sete novos gestores do banco liderado por Pablo Forero entraram em funções no passado dia 10 de julho.

Cristina Bernardo

O BPI relatou em comunicado à CMVM que na sequência da eleição pela Assembleia Geral de Acionistas do passado dia 20 de abril e da autorização para o exercício de funções concedida no dia 9 de julho pelo Banco Central Europeu, entraram em funções no dia 10 de julho novos membros dos órgãos sociais do Banco BPI, para exercer funções até ao final do mandato em curso (2017-2019).

O BCE aprovou assim António Cabral como vogal do Conselho de Administração; Manuel Sebastião como Presidente do Conselho Fiscal; Elsa Maria Roncon como vogal do Conselho Fiscal; Ricardo de Frias Pinheiro como vogal do Conselho Fiscal; Rui Guimarães como vogal do Conselho Fiscal; Manuel das Neves Correia de Pinho como vogal suplente do Conselho Fiscal; e Luís Roque de Pinho Patrício como vogal suplente do Conselho Fiscal.

 

Relacionadas

Fundo de Pensões do BPI vende ao Norfin quarteirão da Baixa por 66 milhões

A transação será concretizada nas próximas semanas, revela a Jones Lang LaSalle, companhia de serviços financeiros e profissionais do setor imobiliário, liderada em Portugal por Pedro Lancastre, em comunicado.

Pablo Forero: “Não há qualquer intenção de transformar o BPI numa sucursal”

O BPI ganhou pela primeira vez o prémio que ao longo de anos coube ao Santander Totta, o de ‘Melhor banco em Portugal’, da “Euromoney”.

CaixaBank Consumer Finance vai abrir em Portugal

O Caixabank quer abrir em Portugal uma sucursal do banco especializado em crédito ao consumo espanhol.
Recomendadas

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição

BCE pede aos bancos que evitem “distorcer” resultados de testes de stress

A cada dois anos, a Autoridade Bancária Europeia e o BCE realizam os chamados testes de stress a 50 bancos da União Europeia para medir a força das entidades bancárias em diferentes cenários de stress, como uma crise, por exemplo.

Haitong encaixou ganho de 1,97 milhões com venda de subsidiária na Irlanda

Com esta transação, o Haitong Bank reforçou significativamente a qualidade dos seus ativos e o rácio de NPL (“Non-Performing Loans”) passou a situar-se abaixo dos 5%, adianta o banco.
Comentários