BCP assina acordo com chinesa UnionPay

Com este acordo, o Millennium bcp começará a emitir cartões UnionPay aos seus clientes e a implementar os UnionPay QuickPass, bem como pagamentos online neste serviço.

Cristina Bernardo

O Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, e o Presidente da China,  Xi Jinping, presenciaram esta quarta-feira, dia 5 de dezembro, no Palácio de Queluz, a assinatura de um acordo entre o Millennium bcp e a UnionPay International.

Com este acordo, o Millennium bcp começará a emitir cartões UnionPay aos seus clientes e a implementar os UnionPay QuickPass, bem como pagamentos online neste serviço.

“A assinatura deste acordo segue-se a um memorando de entendimento celebrado entre ambas as empresas no ano passado, que tornou o Millennium bcp o primeiro banco europeu a emitir cartões UnionPay”, diz o banco em comunicado. O BCP passa também a gerir a rede de aceitação dos cartões UnionPay em Portugal, independentemente do país onde tiverem sido emitidos.

“É com satisfação que o Millennium bcp anuncia que é o primeiro banco da Europa a emitir cartões UnionPay, e que tem também a opção de estender este acordo a outras geografias onde o Millennium bcp está presente”, diz o CEO do BCP na nota.

“Trata-se de um acordo muito importante, uma vez que permite ao banco providenciar mais um serviço distinto aos nossos clientes, que passam a ter acesso ao sistema de pagamentos que emite mais cartões a nível mundial, universalmente reconhecido e aceite em toda a China, estando também a crescer na Europa”, afirmou Miguel Maya.

Recomendadas

Crédito Agrícola elege nova administração a 25 de maio

A Caixa Central de Crédito Agrícola é responsável pela coordenação e supervisão das 80 Caixas de Crédito Agrícola Mútuo e é liderada por Licínio Pina desde 2013, há dois mandatos. O gestor trabalha no banco há mais de 30 anos.

Blockchain: Santander faz acordo de 620 milhões de euros para usar tecnologia da IBM

Acordo prevê a incorporação de tecnologias da IBM em áreas como a blockchain, big data e inteligência artificial. CIO do Santander, David Chats, diz que aposta está em linha com a “estratégia de progresso constante”.

CGD: BdP avalia idoneidade de sete ex-gestores, incluindo o ex-governador António de Sousa

Entre os gestores que desempenharam funções na CGD entre 2000 e 2015 a ser avaliados pelo BdP estão ainda Vítor Fernandes e Jorge Cardoso (Novo Banco), João Nuno Palma (BCP), António Vila-Cova (Finantia), Maria João Carioca (CGD) e José Fernando Maia de Araújo (EuroBic).
Comentários