PremiumBCP prepara assembleia geral extraordinária para novembro

O Millennium BCP está a preparar uma assembleia geral extraordinária para ocorrer no próximo mês de novembro. O mote é a mudança de estatutos.

O Millennium BCP está a preparar uma assembleia geral extraordinária para ocorrer no próximo mês de novembro, soube o Jornal Económico junto de fonte próxima do processo. O motivo da convocação de uma reunião de acionistas extraordinária é a alteração aos estatutos do banco de modo a ajustá-los a uma diretiva europeia relacionada com a clarificação do poder da assembleia geral para decidir a distribuição de dividendos.

A assembleia geral extraordinária que será hoje anunciada, tem na agenda dois temas: Uma clarificação, que é pedida por Bruxelas, de que não há obrigação do banco de pagar dividendos, e que esta distribuição é sempre uma decisão tomada em assembleia geral. Esta clarificação é uma condição para que o capital possa ser mesmo considerado como fundos próprios de base.

O segundo tema que está na agenda, refere-se a uma recomposição da situação líquida, entre as reservas distribuíveis e as reservas não distribuíveis. O BCP vai aumentar as reservas distribuíveis o que abre a porta para o futuro pagamento de dividendos e permite a remuneração dos títulos de Tier 1 (obrigações). Ao contrário do que se chegou a equacionar, o BCP não vai antecipar pontos que estão previstos levar à assembleia geral anual, que tradicionalmente ocorre em fim de maio.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Fidelidade regista maior número de participação de sempre após tempestade Leslie

A seguradora criou uma unidade operacional móvel com o objetivo de “quantificar e avaliar os prejuízos sofridos com a maior rapidez e proximidade possível junto da população afetada, agilizando melhor os processos de indemnização”.

Multicare: valor de prémios anual atinge 270 milhões de euros em 2017

A marca também reforçou a liderança do mercado de seguros de saúde em Portugal, alcançando uma quota de mercado de 37%, em setembro último.

Bancos passam a comunicar contas PPR ao fisco

Até agora, estas contas estavam excluídas de reporte ao fisco, sendo uma exceção constante do regime de troca automática de informações financeiras com a Autoridade Tributária e Aduaneira.
Comentários