Benfica castigado com um jogo à porta fechada

A sanção, aplicada pelo Instituto Português da Juventude e do Desporto, deve-se às claques do clube da Luz, que foram consideradas ilegais. As ‘águias’ foram ainda punidas com uma coima superior a 56 mil euros.

Cristina Bernardo

O Instituto Português da Juventude e do Desporto (IPDJ) puniu o Sport Lisboa e Benfica (SLB) com um jogo à porta fechada por causa da ação das claques do clube da Luz. A informação está a ser avançada esta sexta-feira à tarde pela SIC Notícias, que adianta que o SLB recebeu ainda notificação de uma coima superior a 56 mil euros. 

Recorde-se que, em abril do ano passado, foi noticiado que o Sporting Clube de Portugal (SCP) apresentou uma participação disciplinar no Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol contra o Benfica, pedindo a interdição do estádio da Luz por apoio do clube a claques ilegais.

O SCP alega que o Regulamento de Competições prevê que nenhum clube, na qualidade de visitado, pode conceder benefícios – financeiros materiais ou outros – a grupos organizados de adeptos não legalizados.

Fonte próxima ao processo assegurava, na altura, que o Benfica, ao autorizar e facilitar a entrada para locais específicos do estádio, permitir que apresentem faixas, bandeiras gigantes bem como coreografias alusivas à claque, demonstra um público e notório apoio às claques “No Name Boys” e “Diabos Vermelhos2.

Na participação, os ‘leões’ terão ainda manifestado estranheza que nenhum delegado da Liga tenha reportado aqueles eventos nos relatórios de jogo, pelo que, segundo esta fonte, terá pedido a notificação de todos aqueles que, esta época, tenham estado presentes nos jogos oficiais disputados no estádio da Luz. Isto porque, nos termos do Regulamento Disciplinar, os delegados da Liga estão obrigados a cooperar e a testemunhar nos processos disciplinares quando para tal sejam arrolados e solicitado.

O Benfica tem 20 dias para impugnar as duas sanções do IPDJ.

Ler mais
Recomendadas

Rui Santos: “Há coisas que me irritam muito no futebol”

O jornalista desportivo foi o convidado do Jogo Económico desta semana e o JE foi descobrir o que é que o deixa em “estádio de choque” (nome de último livro que editou) e o que é que leva na ‘desportiva’.

Jorge Jesus regressa a Lisboa amanhã

O ex-treinador do clube saudita Al-Hilal deverá aterrar na capital portuguesa ao final da tarde deste domingo, disse ao Jornal Económico fonte próxima do técnico português.

VAR provoca perdas de milhares de euros

Portugal está a adaptar-se ao VAR e se dentro do campo ainda reina a polémica, fora das quatro linhas, entre quem aposta, o cenário não muda. A ‘escaldante’ final four da Taça da Liga resultou em perdas de milhares de euros.
Comentários