Boicote diplomático e real: Reino Unido não se fará representar no Mundial de futebol de 2018

A primeira-ministra britânica fez esta declaração durante uma intervenção no parlamento em que anunciou a “suspensão de contactos bilaterais” com Moscovo e a expulsão de 23 diplomatas russos.

Stefan Wermuth/REUTERS

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou hoje um boicote dos membros do governo e da família real ao campeonato do mundo de futebol de 2018, que se realiza na Rússia.

“Confirmo que nenhum ministro ou membro da família real vai estar presente no campeonato do mundo de futebol na Rússia, neste verão”, afirmou Theresa May, que responsabilizou a Rússia pelo envenenamento do ex-espião Serguei Skripal e da filha em solo britânico.

A primeira-ministra britânica fez esta declaração durante uma intervenção no parlamento em que anunciou a “suspensão de contactos bilaterais” com Moscovo e a expulsão de 23 diplomatas russos.

Recomendadas

Decisão sobre Infarmed é coerente e teve em conta vontade dos trabalhadores, realça ministro da Saúde

Para Campos Fernandes, a análise feita pelo grupo de trabalho sobre a manifestação da vontade dos trabalhadores, que não pretendiam mudar para o Porto, constitui uma “barreira” à deslocalização do Infarmed.

Taxistas reagem com irritação a reunião com o PSD

O presidente da Federação Portuguesa do Táxi (FPT), Carlos Ramos, afirmou aos presentes na Praça dos Restauradores, em Lisboa, que “foi irritante” a forma como foram recebidos pelo PSD na Assembleia da República.

Armador PCI implementa nova rota comercial em Cabo Verde

A PCI operará um navio com capacidade de transporte de 887 Teus nominais, com uma frequência de 14 dias, realizando ligações entre Algeciras e Tanger Med com destino a Cabo Verde, em 4 dias.
Comentários