Bolsa de Lisboa em terreno positivo com BCP a subir mais de 2%

O BCP sobe 2,71% para 0,2464 euros. Já a Galp perde 0,61% no mesmo dia em que anunciou um aumento de 8% na produção de petróleo e de gás natural no primeiro trimestre.

A bolsa de Lisboa está a subir 0,58% para 5.410,47 pontos na sessão desta segunda-feira, 15 de abril, num dia em que a maioria das principais praças europeias está em terreno negativo: Paris recua 0,035%, Frankfurt desce 0,052% e Londres perde 0,13%. Só Madrid negoceia em terreno positivo ao subir 0,45%.

O BCP sobe 2,71% para 0,2464 euros, enquanto a Jerónimo Martins sobe 0,07% para 14,06 euros. Já os CTT sobem 0,44% para 2,7140 euros.

Na energia, a EDP sobe 0,34% para 3,4960 euros, enquanto a EDP Renováveis avança 0,23% para 8,70 euros.

A Galp desce 0,61% para 14,565 euros no dia em que apresentou os seus resultados operacionais do primeiro trimestre. A companhia produziu mais 8% de petróleo e gás natural no primeiro trimestre de 2019 face a período homólogo para um total de 110,8 mil barris.

O Brasil foi responsável pela maioria da produção (102,1 mil barris), com Angola a produzir 8,7 mil barris. A grande maioria da produção da Galp corresponde a petróleo (99,5 mil barris), pesando 88,3% da produção total.

Galp produziu mais 8% de petróleo e gás no primeiro trimestre

Ler mais
Recomendadas

Ásia atrai investidores com retornos de 9%

Mercados emergentes podem crescer 8% até 2023, o dobro dos EUA e Europa. Regulação menos restritiva pode tornar a China continental numa alternativa ao investimento em Hong Kong e Singapura.

Visa diz que IA vai tornar o crédito mais personalizado

Antony Cahill, administrador da Visa, não decreta a ‘sentença de morte’ ao numerário, embora já nem use cartões de crédito. “Faço tudo pelo telefone”.

‘Guerra comercial’ afeta setor tecnológico e arrasta Wall Street

Conflito comercial entre EUA e China está a afetar o setor tecnológico e os outros índices foram arrastados para o ‘vermelho’.
Comentários