Bolsa de Tóquio fecha no valor mais alto dos últimos 20 anos

Nikkei, o principal índice encerrou a sessão a ganhar 57,76 pontos.

Reuters / Issei Kato

A bolsa de Tóquio encerrou a sessão de hoje em alta, com o principal índice, o Nikkei, a ganhar 57,76 pontos, ou 0,28%, cotando-se nos 20.881,27 pontos, o valor mais alto dos últimos 20 anos. Tal não acontecia desde dezembro de 1996.

Também o segundo indicador, o Topix, fechou a valorizar 1,67 pontos, ou 0,1%, até aos 1.696,81 pontos.

O índice Nikkei reflete a média não ponderada dos 225 valores vedeta da bolsa de Tóquio, enquanto o indicador Topix agrupa os valores das 1.600 maiores empresas cotadas.

A bolsa de Xangai, principal praça financeira da China, fechou hoje a subir 0,16%, para 3.388,28 pontos. Shenzhen, a segunda praça financeira do país, recuou 0,15%, para 11.312,05 pontos.

Relacionadas

Bolsa portuguesa em alta no dia em que Portugal regressa aos mercados

Os investidores na bolsa portuguesa mostram-se otimistas no dia em que Portugal volta a emitir dívida a longo prazo. A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai realizar dois leilões de Obrigações do Tesouro com maturidades em 2022 e 2027, procurando arrecadar até 1.250 milhões de euros.
Recomendadas

Floresta diversificada resiste melhor a fogos e secas, revela estudo

Investigadores liderados pelo biólogo William Anderegg, da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, concluíram que uma floresta com uma grande variedade de árvores e de características diversas relacionadas com o fluxo da água sofre menos com os períodos de seca.

Superbrands: há uma marca portuguesa entre as 10 preferidas pelos consumidores

Dentro dos setores avaliados, aqueles mais relevantes são os de motores, eletrónica e moda de consumo, superfícies comerciais e desporto.

Prozis Tech Maia vai representar investimento superior a 15 milhões de euros

Já está em curso o processo de recrutamento para a entrada imediata de 300 colaboradores, sobretudo nas áreas da programação e dos sistemas informáticos.
Comentários