Bombeiros de Almada vão acolher pessoas sem-abrigo devido ao frio

A Câmara Municipal de Almada disponibilizou um espaço no quartel dos Bombeiros Voluntários para servir uma refeição quente e permitir a pernoita dos sem-abrigo durante a vaga de frio, anunciou esta quarta-feira a vereadora da Intervenção Social, Teodolinda Silveira.

A Câmara Municipal de Almada disponibilizou um espaço no quartel dos Bombeiros Voluntários para servir uma refeição quente e permitir a pernoita dos sem-abrigo durante a vaga de frio, anunciou esta quarta-feira a vereadora da Intervenção Social, Teodolinda Silveira.

“Temos uma equipa da rua diurna a percorrer os sítios onde se encontram habitualmente os sem-abrigo, informando-os de que podem ter uma refeição quente e pernoitar em instalações dos Bombeiros Voluntários de Almada durante a vaga de frio dos próximos dias, na sequência dos avisos da Proteção Civil e do Instituto Português do Mar e da Atmosfera”, disse à agência Lusa a vereadora socialista.

Segundo Teodolinda Silveira, trata-se de uma resposta pontual, criada no âmbito do Núcleo de Planeamento de Integração de Sem-Abrigo de Almada (NPISAA), que é disponibilizada para os cerca de 60 sem-abrigo do concelho, a exemplo do que já aconteceu no ano passado, em que oioito pessoas sem-abrigo pernoitaram no quartel dos Bombeiros Voluntários de Almada (distrito de Setúbal).

Teodolinda Silveira revelou ainda que os Bombeiros Voluntários já receberam um apoio de 30.000 euros da Câmara de Almada, para obras de beneficiação de um espaço onde será disponibilizada uma resposta permanente para situações de emergência social no concelho.

“Os Bombeiros Voluntário de Almada disponibilizaram-se e, como isto era uma opção prioritária do município para dar resposta a situações de grande degradação social, candidataram-se a um apoio da Câmara Municipal, que já lhes foi concedido, para melhorarem um outro espaço em que será criada uma resposta permanente para pessoas em situação de emergência social”, disse.

A autarca lembrou que, atualmente, o município não dispõe de algum espaço para apoiar os sem-abrigo ou outras pessoas em situação de emergência social.

“Quando as obras estiverem concluídas, teremos esta resposta permanente para acolhimento temporário de oito/10 pessoas em situação de emergência social, em articulação com as restantes instituições da rede social”, disse Teodolinda Silveira, adiantando que o novo espaço deverá estar concluído “dentro de dois ou três meses”.

Na segunda-feira, a meteorologista Ângela Lourenço disse à Lusa que as temperaturas mínimas vão continuar muito baixas em Portugal continental pelo menos até ao final da semana, podendo chegar aos 05 graus negativos em algumas regiões do território.

Até ao final da semana as temperaturas mínimas vão continuar muito baixas, com noites muito frias, mas os dias serão amenos, com máximas que podem chegar aos 18 graus Celsius, explicou a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Ler mais
Relacionadas

Temperaturas vão chegar aos 5ºC negativos

Até ao final da semana as temperaturas mínimas vão continuar muito baixas, com noites muito frias, mas os dias serão amenos, com máximas que podem chegar aos 18 graus Celsius, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Centros de saúde de Lisboa e Vale do Tejo com horário alargado por causa do frio

Os centros de saúde de Lisboa e Vale do Tejo vão ter horários alargados durante a semana e fim de semana face à “maior pressão e afluência de utentes devido ao frio” nas urgências hospitalares.
Recomendadas

Manifestação contra o aborto e eutanásia junta milhares de pessoas em Paris

De acordo com a agência AP, o grupo de manifestantes apelou a que os médicos deixem de realizar abortos, alegando para isso “objeção de consciência”. Em França são realizados, anualmente, cerca de 200.000 abortos.

Guarda prisional agredido em Paços de Ferreira levado para o hospital com ferimentos ligeiros

Um guarda prisional agredido hoje de manhã na cadeia de Paços de Ferreira foi transportado para o Hospital Padre Américo, em Penafiel, com ferimentos considerados ligeiros, disseram à Lusa os bombeiros locais.

Natixis quer mais mulheres nas áreas tecnológicas

O banco francês lançou o projeto Champion for Change, que pretende promover a diversidade e a inclusão no sector da tecnologia em Portugal.
Comentários