PremiumBPI Gestão de Ativos adere aos princípios da ONU

As questões ambientais, sociais e de bom governo fazem parte do Plano Estratégico 2019-2021 do Grupo CaixaBank.

A BPI Gestão de Ativos, que em 2018 foi comprada pelo CaixaBank Asset Management SGII, aderiu aos ‘Princípios de Investimento Responsável das Nações Unidas’. A gestora do Grupo CaixaBank é mesmo a primeira Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário em Portugal a aderir aos princípios de investimento responsável da ONU, conhecidos por United Nations – ‘Supported Principles for Responsible Investment’ –, avançou o BPI ao Jornal Económico .

O Grupo CaixaBank considera essencial o bom governo e a transparência, e no ‘Plano Estratégico 2019-2021’ incluiu o desafio de ser uma referência na gestão responsável e compromisso social.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Generali fecha compra da Tranquilidade por 600 milhões de euros

A Generali acaba de fechar a aquisição da Tranquilidade por um valor de 600 milhões de euros, avança a Bloomberg. A Apollo emitiu um comunicado a confirmar.

BCP diz que Sonangol não mudou de posição em relação à sua participação acionista

Miguel Maya, CEO do Millennium bcp disse ao Jornal Económico que “o BCP tem contacto permanente com os representantes do acionista Sonangol e pode confirmar que não há qualquer alteração à posição que oportunamente foi dada a conhecer por fontes oficiais ao mercado”.

Sonangol está a concluir plano estratégico que passa por vender participação no BCP

A Sonangol tem ações em bancos a operar em Angola: no BAI 8,5%; no BFA 13%, através da Unitel; no Caixa Angola 25%; no Banco Económico 31,5% e em Portugal no BCP 19,5%.
Comentários