Brasil e Chile devem assinar acordo de comércio livre até ao final deste ano

Acordo foi alcançado na última sexta-feira, 19 de outubro e deste acordo fazem parte a não cobrança de taxas de roaming internacional para chamadas e dados móveis nos países do outro país.

Brasil e Chile devem assinar até ao final de 2018 um acordo de comércio livre, revelou o governo brasileiro em comunicado. O acordo foi alcançado na última sexta-feira, 19 de outubro e dele fazem parte a não cobrança de taxas de roaming internacional para chamadas e dados móveis nos países do outro país.

O acordo incluiu também assuntos como o comércio online, meio ambiente, trabalho e medidas anti-corrupção.

O Chile é o segundo maior parceiro comercial do Brasil na América do Sul, enquanto o Brasil é o maior parceiro comercial do Chile na América Latina, segundo o comunicado. No ano passado, os dois tinham um comércio no valor de 7,3 mil milhões de euros.

As negociações tiveram início em abril de 2017.

Recomendadas

Já escolheu uma entidade para ‘doar’ 0,5% do seu IRS? Há 4 mil candidatos

Contribuintes com direito ao IRS automático deverão indicar até 31 de março qual a entidade ou instituição particular de solidariedade social que pretendem ajudar.

Uma centena de bombeiros e cinco meios aéreos combatem fogo florestal em Castro Daire

O incêndio florestal deflagrou ao início da tarde de hoje no distrito de Viseu.

Conselho Europeu de Inovação ganha oxigénio com mais 2 mil milhões de euros

Este mecanismo europeu encontra-se numa fase piloto. O valor será aplicado em iniciativas como o “Pioneiro” e o “Acelerador”, segundo a Comissão Europeia.
Comentários