Brexit: Parlamento Europeu com 704 eurodeputados após substituição de britânicos

O Parlamento Europeu conta agora com 704 eurodeputados, após a substituição concluída esta quarta-feira dos eleitos britânicos por 27 novos membros, de 14 países da União Europeia (UE), devido ao ‘Brexit’, informou fonte europeia.

Reuters

“Os três eurodeputados da Holanda tornaram-se membros oficiais do Parlamento Europeu na noite passada após assinarem toda a documentação necessária e somos agora 704 ao todo, sem contar com Junqueras”, o independentista catalão detido que não será substituído, explicou à agência Lusa fonte da assembleia europeia.

A mesma fonte adiantou à Lusa que “a nova maioria absoluta é de 353” eurodeputados.

Com a entrada em funções dos eurodeputados holandeses fica, então, concluída a lista dos 27 novos parlamentares, que vão substituir os eleitos do Reino Unido após o ‘Brexit’.

Ao todo, 73 eurodeputados britânicos deixaram o Parlamento Europeu no passado dia 31 de janeiro, aquando da saída do Reino Unido da UE, sendo agora substituídos por 27 eleitos de França, Espanha, Finlândia, Irlanda, Itália, Suécia, Croácia, Eslováquia, Roménia, Dinamarca, Polónia, Estónia, Áustria e Holanda.

Os restantes assentos ficam reservados para o caso de um novo alargamento.

Recomendadas

Governo clarifica medida para explicitar que quem esteve em lay-off pelo menos 30 dias consecutivos tem direito ao complemento de estabilização

A clarificação foi confirmada pelo comunicado do Conselho de Ministros desta quinta-feira, 13 de agosto.

“Festa do Avante? Tem que haver cumprimento das regras vigentes”, garante Governo

“Decisão é da exclusiva responsabilidade da organização mas tem que haver cumprimento das regras vigentes sem qualquer exceção: por exemplo, espaços de alimentação e de atividades culturais têm que cumprir as mesmas regras dos outros espaços a nível nacional”, garantiu Mariana Vieira da Silva.

Banco de Fomento inicia atividade em outubro e arranca com capital social de 255 milhões

Pedro Siza Vieira falou na conferência em imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, tendo anunciado a aprovação do Banco de Fomento e cujo diploma entrará em vigor no prazo de 40 dias úteis.
Comentários