Bright Pixel une-se à Startup Braga para investimento mínimo de 50 mil euros

Com esta parceria, a Bright Pixel – que tem vários mecanismos disponíveis para investir em startups – vai trabalhar com a Startup Braga para promover o investimento e o apoio do empreendedorismo tecnológico a nível nacional e, em particular, o talento que tem vindo a nascer de Braga para o mundo.

Ler mais

A Startup Braga e a Bright Pixel acabam de estabelecer uma parceria estratégica, através da qual a Bright Pixel passará a ser um dos parceiros do Programa de Aceleração da Startup da Braga, cuja 5.ª edição arranca no próximo dia 8 de fevereiro, prolongando-se durante quatro meses.

Nesse contexto, a Bright Pixel fará parte do júri do Programa de Aceleração, com um papel ativo no processo de seleção dos melhores projetos, tanto num estágio inicial do programa, como no momento final de avaliação das startups. Além disso, terá uma participação ativa na vertente de mentoria às equipas, perspetivando o acompanhamento da evolução e desenvolvimento dos projetos.

Adicionalmente, a Bright Pixel anunciará no Demo Day do Programa de Aceleração da Startup Braga, o(s) vencedor(es) de um prémio mínimo de 50 mil euros de investimento numa ou mais startups que se destaquem durante o programa, com o  intuito de valorizar a sua participação e potenciar o seu crescimento.

Com esta parceria, a Bright Pixel – que tem vários mecanismos disponíveis para investir em startups – vai trabalhar com a Startup Braga para promover o investimento e o apoio do empreendedorismo tecnológico a nível nacional e, em particular, o talento que tem vindo a nascer de Braga para o mundo.

Alexandre Santos, co-fundador e chief invesment officer da Bright Pixel, a ver empresa tem “como filosofia trabalhar em rede e em parceria com entidades que partilham da mesma filosofia e abordagem que temos no apoio ao lançamento de novos projetos tecnológicos no mercado. É por isso que estou particularmente orgulhoso de podermos trabalhar a partir de agora com a Startup Braga – uma entidade de referência que tem mostrado nos últimos anos a capacidade de acelerar e incubar projetos de elevado valor de Braga para o mundo. Estamos convictos que juntos podemos apoiar ainda melhor os projetos que vão nascer desta nova edição do programa”.

Também Carlos Oliveira, presidente da Startup Braga, salientou as mais-valias desta colaboração: “Com o estabelecimento desta parceria, a Startup Braga reforça  a sua rede de parceiros e mentores. Uma rede que é fundamental para apoiar as startups e um contributo precioso para que o programa de aceleração seja um verdadeiro impulsionador de talento e de conhecimento”.

Recorde-se que a 5.ª edição do Programa de Aceleração da Startup Braga terá início a 8 de fevereiro, com um evento kick-off, tendo por base a motivação de gerar oportunidades e oferecer condições a empreendedores com talento para criarem startups de cariz tecnológico nas áreas do Digital, MedTech e Nanotecnologia. A ambição passa, em grande parte, por dar continuidade ao fortalecimento do ecossistema empreendedor nacional, assim como por proporcionar a sua conexão à comunidade empresarial internacional.

Recomendadas

BPI é membro fundador do NEST – projeto-âncora do Programa Turismo 4.0

O BPI lidera a Linha de Apoio à Qualificação da Oferta – Turismo de Portugal, com uma quota de 23,6% do montante total de crédito enquadrado até 30 de junho de 2018. No âmbito desta linha, o BPI, em conjunto com o Turismo de Portugal, já financiou mais de 20 milhões de euros respeitantes a 37 projetos (27,8%).

Novo Banco nomeia Mark Bourke para CFO

Mark Bourke deverá entrar em funções no Novo Banco previsivelmente no início do próximo ano, depois de completar o seu mandato no AIB e após autorização pelo Banco Central Europeu.

Central hidroelétrica inovadora da EDP na Venda Nova ganha prémios internacionais

Central hidroelétrica Frades II, da EDP, foi distinguida com dois prémios internacionais de renome pela tecnologia implementada, inovação, rentabilidade e fiabilidade.
Comentários