Brisa aumenta receitas em 7,7%, para 277,5 milhões de euros

Empresa liderada por Vasco de Mello conseguiu 267,3 milhões de euros de receitas de portagem nos primeiros seis meses deste ano, mais 6,2% do que na primeira metade do exercício de 2017.

A BCR – Brisa Concessão Rodoviária fechou o primeiro semestre deste ano com 277,5 milhões de euros de proveitos operacionais, um crescimento de 7,7% face ao período homólogo.

A empresa liderada por Vasco de Mello conseguiu 267,3 milhões de euros de receitas de portagem nos primeiros seis meses deste ano, mais 6,2% do que na primeira metade do exercício de 2017.

“No primeiro semestre de 2018 observou-se uma variação positiva do tráfego médio diário (TMD) na rede BCR de 4,1%, apesar das fracas condições climatéricas registadas”, destaca o comunicado envidado hoje, dia 14 de setembro, pela concessionária de autoestradas do Grupo José de Mello à CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

De acordo com esse documento, “neste período, a BCR apresentou um volume de tráfego de 18.795 veículos/dia, mantendo, assim, a boa dinâmica de crescimento que tem vindo a evidenciar nos últimos anos”.

Os maiores crescimentos na rede de autoestradas da BCR neste primeiro semestre de 2018 ocorreram na A10, a autoestrada do Ribatejo. que faz a ligação entre a A9 (Bucelas), a A1 (Carregado) e a A13 (Benavente). Registou-se uma subida de 9,7% no TMD no período em análise.

Logo a seguir, posicionou-se a A9 (CREL), com uma subida de 9,2% no TMD no primeiro semestre de 2018.

A A6 (mais 5,2%), a A12 (mais 5%) e a A13 (mais 4,9%) foram as autoestradas da BCR que registaram maior crescimento de tráfego durante os primeiros seis meses deste ano.

O comunicado da BCR salienta que na primeira metade deste ano “os veículos pesados registaram um aumento mais expressivo do que os ligeiros, beneficiando do bom momento macroeconómico que se vive no  país (+7,6% e +3,9%, respetivamente)”.

A BCR adianta ainda que no primeiro semestre deste ano avançou com  um investimento de 16,7 milhões de euros, “maioritariamente afeto a obras de alargamento e de reposição de pavimentos”.

“No segundo semestre de 2018, o investimento na infraestrutura da BCR deverá ser suportado ao registado nos primeiros seis meses do ano, mantendo-se direcionado para as grandes reparações e alargamentos”, avança o referido comunicado da BCR

Ler mais
Recomendadas

Presidente promulga novo modelo de gestão de faixas horárias nos aeroportos

Marcelo Rebelo de Sousa lamenta “prazo de um ano decorrido desde a discussão pública e a versão final do diploma” do Governo que procede à revisão do modelo de prestação dos serviços de atribuição de faixas horárias e de horários facilitados nos aeroportos nacionais.

Portugal sobe sete posições no ranking mundial de talento e está entre os 20 primeiros

Este ranking, desenvolvido pelo World Competitiveness Center do IMD (International Institute for Management Development), conta com a colaboração exclusiva, em Portugal, da Porto Business School.

Produção nacional de automóveis cresce em 2018. Nove em cada dez viaturas são para exportação

No acumulado do ano, até outubro, Portugal produziu cerca de 250 mil veículos, o que representa um crescimento de 80,3% face aos primeiros dez meses de 2017. Mais de 9 em cada 10 veículos produzidos em território nacional são para exportação.
Comentários