Cabo Verde vai ter duas seleções de futebol nos Jogos Africanos de Praia

Com a participação neste torneio, que se realizam de 14 a 23 de julho, na ilha do Sal, Cabo Verde concorre para o World Beach Games 2019, em San Diego, na Califórnia.

Inforpress

O futebol cabo-verdiano vai estar representado nos I Jogos Africanos de Praia, que se realizam na ilha do Sal, pelas seleções masculinas e femininas do Beach Soccer (futebol de Praia), anunciou a Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF).

As equipas técnicas, que têm preparado a competições, de acordo com a FCF, serão apresentadas brevemente, bem como os convocados das duas seleções.

Com a participação nos Jogos Africanos de Praia, que se realizam de 14 a 23 de julho, na Praia de Santa Maria, Cabo Verde concorre para o World Beach Games 2019, em San Diego, no estado norte-americano da Califórnia.

Isto porque, de acordo com o regulamento, as duas primeiras classificadas do torneio masculino e a vencedora, da competição feminina, qualificam-se, automaticamente, para o Mundial de San Diego, nos Estados Unidos da América.

Os primeiros Jogos Africanos de Praia serão disputados por equipas dos 54 países do continente africano, nas modalidades de atletismo, basquetebol 3 X 3, andebol de praia, futebol de praia, ténis de praia, vólei de praia, remo de mar, futebol freestyle, karaté kata, kitesurf e natação em mar aberto.

Recomendadas

Autores e municípios cabo-verdianos promovem morna através de concurso de vozes

O protocolo foi assinado entre o presidente da Sociedade Cabo-verdiana de Autores e o presidente da Associação Nacional dos Municípios Cabo-verdianos. O país apresentou em março do 2018 a candidatura da morna a Património Imaterial da Humanidade.

Conselho de Ministros de Cabo Verde aprova investimento de 22 milhões de euros em Santo Antão

A construção de mais dois blocos habitacionais na ilha da Boa Vista no valor de 238 mil contos teve também ‘luz verde’.

Cabo Verde cumpre objetivo de desenvolvimento sustentável de produção e consumo

Em matéria de desenvolvimento sustentável e do cumprimento dos 17 objetivos mundiais assumidos na Agenda 2030, a pontuação de Cabo Verde é de 65,1 num máximo de 100 pontos, acima da média da África Subsariana, 53,8.
Comentários