Cabo Verde vai ter duas seleções de futebol nos Jogos Africanos de Praia

Com a participação neste torneio, que se realizam de 14 a 23 de julho, na ilha do Sal, Cabo Verde concorre para o World Beach Games 2019, em San Diego, na Califórnia.

Inforpress

O futebol cabo-verdiano vai estar representado nos I Jogos Africanos de Praia, que se realizam na ilha do Sal, pelas seleções masculinas e femininas do Beach Soccer (futebol de Praia), anunciou a Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF).

As equipas técnicas, que têm preparado a competições, de acordo com a FCF, serão apresentadas brevemente, bem como os convocados das duas seleções.

Com a participação nos Jogos Africanos de Praia, que se realizam de 14 a 23 de julho, na Praia de Santa Maria, Cabo Verde concorre para o World Beach Games 2019, em San Diego, no estado norte-americano da Califórnia.

Isto porque, de acordo com o regulamento, as duas primeiras classificadas do torneio masculino e a vencedora, da competição feminina, qualificam-se, automaticamente, para o Mundial de San Diego, nos Estados Unidos da América.

Os primeiros Jogos Africanos de Praia serão disputados por equipas dos 54 países do continente africano, nas modalidades de atletismo, basquetebol 3 X 3, andebol de praia, futebol de praia, ténis de praia, vólei de praia, remo de mar, futebol freestyle, karaté kata, kitesurf e natação em mar aberto.

Recomendadas

Maioria parlamentar na Guiné-Bissau avisa que protesto é a “última exigência pacífica”

Os partidos da maioria parlamentar da Guiné-Bissau avisaram que a marcha hoje realizada é a última exigência pacífica para a nomeação do primeiro-ministro e formação do Governo, depois das legislativas de 10 de março.

Ministro das Finanças de Cabo Verde apela à livre circulação de pessoas na CPLP

Vice primeiro-ministro e ministro das finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, defendeu a necessidade de reforçar a cooperação no plano cientifico, empresarial e económico na CPLP.

Primeiro-ministro de Cabo Verde anuncia que 53 mil alunos serão isentos de propinas

Ulisses Correia e Silva afirma que este investimento significa um “ganho significativo” no acesso à educação e no retorno do rendimento às famílias.
Comentários