Candidato conservador à presidência da Comissão Europeia defende medidas migratórias mais duras

Weber, que deseja suceder a Jean-Claude Juncker na liderança do executivo comunitário, enalteceu a diversidade do continente europeu, salientando, porém, que existe um aspeto que é comum na Europa: “É baseada no cristianismo e orgulhamo-nos disso”.

O candidato do Partido Popular Europeu (PPE) ao cargo de presidente da Comissão Europeia (CE), o alemão Manfred Weber, defendeu hoje na Bulgária medidas mais rigorosas contra a imigração ilegal.

“O Estado deve derrotar os traficantes de seres humanos na luta contra a imigração ilegal”, afirmou o conservador Manfred Weber, durante uma ação de campanha na capital búlgara, Sófia, que também serviu para manifestar o seu apoio ao partido no poder Cidadãos para o Desenvolvimento Europeu da Bulgária (GERB, conservador) nas eleições europeias da próxima semana.

As palavras que Weber dedicou à imigração ilegal, um dos assuntos que mais preocupam o eleitorado búlgaro, foram aplaudidas de forma entusiasta pelos cerca de 14 mil apoiantes do GERB presentes na iniciativa eleitoral, conforme relataram as agências internacionais.

A Bulgária foi um dos primeiros países a assumir uma linha dura contra a migração em massa para a Europa, ao ter erguido um muro de arame farpado na fronteira com a Turquia para impedir a entrada de migrantes.

O país também foi um dos primeiros a testemunhar a formação de um Governo de coligação com um partido de extrema-direita de retórica racista.

Na sua intervenção, Weber, que deseja suceder a Jean-Claude Juncker na liderança do executivo comunitário, enalteceu a diversidade do continente europeu, salientando, porém, que existe um aspeto que é comum na Europa: “É baseada no cristianismo e orgulhamo-nos disso”.

As eleições europeias são realizadas de 23 a 26 maio nos 28 países da União Europeia (UE).

Ler mais
Recomendadas

Sánchez culpa Podemos e Cidadãos por cenário de novas eleições em Espanha

O líder socialista espanhol, Pedro Sánchez, culpou hoje o líder do Unidas Podemos, Pablo Iglesias, e o líder do Cidadãos, Alberto Rivera, pela falha de uma solução de Governo, que levará a novas eleições gerais em novembro.

Eurodeputados defendem ações concretas contra desflorestação da Amazónia

Eurodeputados portugueses do BE, PAN, PS, PSD, PCP e CDS-PP defenderam hoje que a União Europeia (UE) deve adotar “ações concretas” para instar as autoridades brasileiras a combater a desflorestação da Amazónia, recentemente devastada por grandes incêndios.

Responsável da ONU diz que indústrias de milhões vão mudar com Cimeira de Ação Climática

A secretária-geral adjunta das Nações Unidas (ONU), Amina Mohammed, estimou hoje que indústrias mundiais de milhares de milhões de dólares mudem com os novos estilos de vida que vão ser encontrados na Cimeira Climática da próxima semana.
Comentários