Caojiawan: A estação de metro chinesa que liga a cidade ao meio do nada

Contrariamente ao que seria expetável, não há edifícios residenciais, lojas, transportes públicos ou estradas pavimentadas na zona. E poucos passageiros são vistos a utilizar a estação, que foi inaugurada em outubro de 2015.

Se apanhar um metro para a estação de Caojiawan, no sudeste da China, vai ficar surpreendido com o cenário bizarro que vai encontrar. Pode pensar que se tratar de uma saída para o fim do mundo, mas não se deixe enganar pelas ervas daninhas ou pelo terreno estéril, pois esta é, quanto muito, a porta para o futuro.

Inaugurada em outubro de 2015, a estação de metro foi construída para estabelecer a ligação entre o o subúrbio rural de Caijiagang, próximo da cidade de Chongqing, com o centro da cidade. No entanto, contrariamente ao que seria expetável, não há edifícios residenciais, lojas, transportes públicos ou estradas pavimentadas na zona. E poucos passageiros são vistos a utilizar a estação.

Contudo, a moderna e reluzente estação de Caojiawan faz parte de um plano urbano que antecipa o rápido crescimento e modernização da China.

“A estação de Caojiawan pode não estar situada na área mais popular por agora”, explica o funcionário do metro ao jornal regional Chongqing Morning Post. “Mas com o desenvolvimento da linha ferroviária, é possível atrair mais pessoas para esta área e ajudar a acelerar o desenvolvimento urbano ao longo da linha”.

Das três saídas do metro, apenas uma está aberta ao público, mas a expetativa é que nos próximos anos, com o alargamento da zona urbana, a estação de Caojiawan venha a funcionar plenamente e a atender à pressa chinesa pelo desenvolvimento urbanístico e social.

Recomendadas

China chama embaixador dos EUA após sanções impostas contra o Exército

Em causa estão a sanções impostas pelo Governo norte-americano ao Equipment Development Department (EDD), responsável pelas armas e equipamentos do exército chinês, e ao seu diretor, Li Shangfu, por ter comprado armamento à empresa Rosoboronexport, exportadora russa de armamento, que já havia sido sancionada por Washington.

Marcelo Rebelo de Sousa reúne-se com Guterres no domingo e discursa quarta-feira na ONU

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai encontrar-se com o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, no domingo, em Nova Iorque, onde irá discursar na 73.ª sessão da Assembleia Geral desta organização, na quarta-feira.

OPEP reduz produção de petróleo face à queda da oferta iraniana devido às sanções dos EUA

Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) baixou a produção de petróleo no mês de agosto, já que as medidas norte-americanas arruinaram a tentativa de elevar a produção para os níveis acordados.
Comentários