CDS-PP oferece “outdoors” às autarquias para campanhas de prevenção da Covid-19

Francisco Rodrigues dos Santos enviou uma carta para todos os presidentes de câmara municipal portugueses a oferecer as estruturas de propaganda política de que os centristas dispõem. E apela aos outros partidos para seguirem este exemplo.

O CDS-PP vai oferecer às autarquias todas as estruturas destinadas a outdoors de propaganda política para que possam ser utilizadas em campanhas de informação às populações, incluindo medidas de prevenção e resposta ao contágio pela Covid-19, “por um período não inferior a dois meses e até que as medidas excecionais decretadas sejam levantadas”.

Segundo uma carta enviada pelo líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos a 80 presidentes de câmara onde o partido dispõe de 100 estruturas desse tipo, bastará que cada um deles transmita essa vontade através do endereço de correio eletrónico covid19@cds.pt para que sejam informados dos procedimentos necessários para que os equipamentos sejam colocados à disposição dos respetivos municípios.

Segundo o presidente do CDS-PP, que apela aos outros partidos para tomarem igual decisão, “é fundamental prevenir, atuar e informar”, pois este é “um momento de união entre todos os portugueses, de estreitarmos os laços que nos ligam, de nos concentrarmos no que nos é comum, de cuidarmos uns dos outros, e de conduzirmos Portugal à vitória nesta guerra”.

Recomendadas

Empresa portuguesa desenvolve equipamento para criar quartos de pressão negativa

Tecnologia permite transformar quartos convencionais em quartos de pressão negativa para tratar doentes infectocontagiosos, bem como fazer a purificação do ar eliminando assim os vírus e bactérias e prevenindo a contaminação.

Santander Totta vai passar a pagar aos fornecedores a pronto pagamento

“Esta medida reforça o conjunto de outras que o Santander tem vindo a implementar para apoiar a economia e minimizar os impactos negativos provocados pela Covid-19, com especial foco na tesouraria e liquidez dos seus clientes”, referiu o Santander Totta.

Itália regista 760 óbitos nas últimas 24 horas e um aumento ligeiro no número de casos confirmados

As autoridades de saúde italianas reportaram no relatório desta quinta-feira mais 760 mortes nas últimas 24 horas, mais 33 vítimas mortais do que ontem.
Comentários