Centeno estará disposto a sair caso venha a ser constituído arguido

O Ministério Público suspeita que Mário Centeno tenha beneficiado o presidente do Benfica com a atribuição de isenção de IMI a um prédio da sua família, uma semana depois de ter pedido para assistir a um jogo na tribunal presidencial.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, está disposto a deixar o cargo caso se venha a comprovar o seu envolvimento em crimes de recebimento indevido de vantagem, noticia o jornal “Correio da Manhã”. O governante estará a ser investigado pelas autoridades pela atribuição de isenção de IMI a um prédio da família do presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira.

Segundo o jornal, Mário Centeno já falou com o primeiro-ministro, António Costa, sobre a possibilidade de vir a colocar o seu lugar à disposição caso o Ministério Público o venha a constituir arguido. As buscas da 9ª seção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa ao Ministério das Finanças na passada sexta-feira foram motivadas pela alegada prática do crime de recebimento indevido de vantagem.

O Ministério Público suspeita que Mário Centeno tenha beneficiado o presidente do Benfica com a atribuição de isenção de IMI a um prédio da sua família, uma semana depois de ter pedido para assistir a um jogo na tribunal presidencial. Embora o Governo negue a relação causal, as autoridades estão a averiguar a possibilidade.

Trata-se do mesmo tipo de crime pelo qual foram constituídos arguidos os ex-secretários de Estado dos Assuntos Fiscais (Fernando Rocha Andrade), da Indústria (João Vasconcelos) e da Internacionalização (Jorge Oliveira), por terem aceitado o convite da Galp Energia para assistirem a um jogo da seleção durante o Campeonato Europeu de 2016.

Questionado sobre o caso, o Ministério das Finanças não quis prestar declarações.

 

Ler mais
Relacionadas

Centeno investigado por recebimento indevido de vantagem de Luís Filipe Vieira

O caso está relacionado com um alegado pedido feito pelo presidente do Benfica ao ministro das Finanças para que acelerasse a isenção de IMI de um prédio. O Ministério Público está a analisar a ligação deste pedido com a ida de Mário Centeno a um jogo do Benfica, a que assistiu na bancada presidencial.
Recomendadas

Presidentes interinos da Bolívia e Venezuela discutem nomeação de embaixadores

Os Presidentes interinos da Bolívia, Jeanine Añez, e da Venezuela, Juan Guaidó, conversaram este sábado sobre uma futura nomeação de embaixadores e sobre o efeito da renúncia de Evo Morales na América Latina.

Rui Rio diz que próximas autárquicas serão decisivas para o futuro do PSD

O presidente do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as próximas eleições autárquicas serão decisivas para o futuro do partido, reconhecendo que um mau resultado em 2021 “seria dramático” para os sociais-democratas.

“Os problemas do ambiente marinho vão além da sobrepesca ou poluição”, diz ministro do Mar

Celebra-se este sábado o Dia Nacional do Mar. Ricardo Serrão Santos esteve com representantes nacionais das instituições ligadas à pesca, em Sesimbra, onde alertou que “os oceanos de hoje foram levados ao limite pela praga do nosso tempo, o aquecimento global”.
Comentários