Cinema da Madeira a caminho de fechar o ano com quebras nas receitas

A quebra nas receitas já chega aos 13,3% no acumulado do ano enquanto que a descida no número de espetadores é de 16%.

Pela tendência o cinema na Madeira deve fechar o ano com quebras nas sessões efetuadas, no número de espetadores e com uma descida nas receitas, de acordo com os dados da Direcção Regional de Estatística (DREM).

Até ao final do terceiro trimestre o cinema, na Madeira, já tinha gerado uma receita de um milhão de euros, o que significa uma descida de 13,3% no acumulado do ano.

O desempenho no terceiro trimestres em termos de receitas contudo teve os seus aspetos positivos. Com 424 mil este foi o melhor desempenho verificado nos sete trimestres, e se comparado com o trimestre homólogo, representou uma subida de 7%.

O número de espetadores deve ter também uma quebra assinalável. No final do terceiro trimestre verifica-se uma descida de 16%, no acumulado do ano, apesar da subida de 4% verificado com o trimestre homólogo.

O terceiro trimestre foi também positivo tendo em conta que foram às salas de cinema 82.541 pessoas, o melhor resultado dos últimos sete trimestres.

As sessões efetuadas já registam uma quebra de 4% e uma descida no trimestre de 1,2%.

Ler mais
Recomendadas

Uaucacau abre loja temporária com chocolates alusivos ao natal

A empresa produz chocolates artesanais recorrendo a produtos regionais.

Funchal já finalizou diagnóstico de carências habitacionais do concelho

O incentivo ao arrendamento, a reabilitação do edificado, a reabilitação de núcleos degradados, e a construção de novos empreendimentos de habitação social, foram as áreas identificadas como prioritárias por Paulo Cafôfo, presidente da autarquia.

Mais Porto Santo pede união dos partidos em torno das ligações marítimas e áreas

Para o vereador José António Castro existem “batalhas que são comuns” e que neste particular “não faz sentido” reivindicar individualmente o que é um problema geral.
Comentários