Citigroup multado em 8,6 milhões por práticas inadequadas no crédito à habitação

"As práticas inadequadas ocorreram em 2015 e foram corrigidas. O CitiFinancial saiu do negócio de serviços hipotecários em 2017", anunciou esta sexta-feira a Fed.

O banco Citigroup foi multado em 8,6 milhões de dólares (equivalente a cerca de 7,5 milhões de euros) pela Reserva Federal norte-americana, devido à execução indevida de documentos relacionados com hipotecas residenciais, segundo anunciou o supervisor bancário, esta sexta-feira, em comunicado.

“A multa de 8,6 milhões de dólares refere-se à execução deficiente e ao reconhecimento da firma de determinadas declarações relacionadas a hipotecas preparadas por uma subsidiária, a CitiFinancial”, explicou a Fed.

“As práticas inadequadas ocorreram em 2015 e foram corrigidas. O CitiFinancial saiu do negócio de serviços hipotecários em 2017”, referiu a instituição liderada por Jerome Powell.

O Conselho da Fed anunciou, também esta sexta-feira, o término de uma ação de execução de 2011 contra o Citigroup e o CitiFinancial relacionada com serviços de empréstimos hipotecários residenciais. “O término desta ação foi baseado em evidências de melhorias sustentáveis”, acrescentou.

As ações do banco norte-americano caem 2,2% após o anúncio para 70,41 dólares. O Citigroup fechou as contas do ano passado com um prejuízo de 6,2 mil milhões, sobretudo devido ao encargo extraordinário de 22 mil milhões de dólares relacionado com a reforma fiscal da administração Trump.