Combustíveis descem pela primeira vez no ano. Mas pouco

Descida dos preços vai sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados.

Os preços dos combustíveis preparam-se para descer a partir de segunda-feira, fruto de uma tendência “de descida em todos os produtos”, de acordo com declarações de fonte do setor ao Jornal Económico.

“A evolução das cotações em euros aponta para uma descida dos preços até meio cêntimo por litro para a gasolina. No que diz respeito ao gasóleo, os preços vão recuar até um cêntimo”, adiantou a mesma fonte.

Esta descida dos preços vai sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como também nos postos dos hipermercados. É a primeira descida dos preços este ano.

De acordo com dados da Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG), o preço médio do litro de gasolina em Portugal custa actualmente 1,547 euros enquanto o do gasóleo vale 1,350 euros. São os preços mais elevados dos últimos três anos. As cotações podem no entanto variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

Gasolina é a quarta mais cara da UE

O último relatório de Bruxelas mostra que, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 octanas praticado em Portugal é o quarto mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a 6ª posição entre os países do espaço comunitário. Os mesmos dados mostram que a fiscalidade é o factor que mais pesa nos preços dos combustíveis em Portugal.

Entre os 28 Estados-Membros, o preço médio de referência da gasolina ronda os 1,379 euros por litro, enquanto o ‘diesel’ vale 1,283 euros por litro. Já na zona euro, um litro de gasolina custa 1,418 euros e um litro de gasóleo vale 1,283 euros.


Os mais Económicos