Comissão Europeia está a rever nova definição de PME

A Comissão Europeia lançou um processo de revisão de todos os conceitos associados às pequenas e médias empresas.

Nacho Doce/Reuters

A Comissão Europeia tem em curso o processo de revisão dos conceitos que definem os critérios para chamar uma empresa de PME. O inquérito está disponível em 23 línguas oficiais da União Europeia (UE).

Atualmente, a definição que está estabilizada desde 2003 assenta em três critérios: o número de efetivos, o volume de negócios e o balanço total anual. Para ser considerada PME uma empresa deve ter menos de 250 trabalhadores, um volume de negócios anual que não exceda os 50 milhões de euros ou um balanço total anual que não ultrapasse um valor de 43 milhões de euros.

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Juiz e advogados defendem revisão das custas processuais

“É impensável que tenhamos um sistema legal que não permita às pessoas terem uma noção aproximada das custas de um processo com o qual vão entrar em tribunal”, critica Soares Machado.

Chambers veio a Lisboa desmistificar ‘rankings’

O diretório internacional entregou oito prémios a advogados e sociedades em Portugal e mais 10 a diretores jurídicos de empresas no Fórum de Lisboa.

PremiumBastonário dos Advogados defende voto eletrónico nas eleições da Ordem

O bastonário dos Advogados diz que a modernização da Ordem será a prioridade se for reeleito e acusa as candidaturas rivais de “populismo”.
Comentários