Comissão Europeia está a rever nova definição de PME

A Comissão Europeia lançou um processo de revisão de todos os conceitos associados às pequenas e médias empresas.

Nacho Doce/Reuters

A Comissão Europeia tem em curso o processo de revisão dos conceitos que definem os critérios para chamar uma empresa de PME. O inquérito está disponível em 23 línguas oficiais da União Europeia (UE).

Atualmente, a definição que está estabilizada desde 2003 assenta em três critérios: o número de efetivos, o volume de negócios e o balanço total anual. Para ser considerada PME uma empresa deve ter menos de 250 trabalhadores, um volume de negócios anual que não exceda os 50 milhões de euros ou um balanço total anual que não ultrapasse um valor de 43 milhões de euros.

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

“Praia, comida e vinho ajudaram”. O que dizem os estrangeiros que montam negócios em Portugal

A próxima edição do “Launch in Lisbon”, organizado pela incubadora Startup Lisboa para ajudar empreendedores e freelancers estrangeiros que pretendam instalar um negócio em Portugal, realiza-se entre os dias 4 e 8 de março. O Jornal Económico falou com Jeferson Valadares e Wendy van Leeuwen, que já se renderam à capital portuguesa.

CMS e jornal alemão “Die Zeit” debatem novos modelos de negócio em Davos

Na edição deste ano a discussão será sobre “O poder das plataformas: um novo modelo de negócio”. Entre os convidados estão o presidente-executivo do Deutsche Bank, o sócio executivo da IBM Automation Platform Leader Europe e o vice-presidente do Booking.com.

Contribuintes que ganham mais de mil euros continuam a reter IRS a mais, diz a PwC

A atualização das tabelas de retenção para 2019 continua a não refletir integralmente o alargamento dos escalões do IRS de 2018 para a generalidade dos trabalhadores e pensionistas com rendimento a partir de mil euros, segundo os cálculos da PwC.
Comentários