Comissões de Finanças e Modernização Administrativa aprovaram integração de 282 precários

Em audição hoje na Comissão de Orçamento e Finanças, a propósito do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), a presidente da Comissão de Modernização Administrativa, Isabel Ramos, indicou que 183 pedidos de integração no Estado foram aprovados e 108 não aprovados.

Cristina Bernardo
Ler mais

As comissões bipartidas do Ministério das Finanças e da Modernização Administrativa aprovaram a integração de 282 trabalhadores precários, segundo a informação dada pelas presidentes das comissões no Parlamento.

Em audição hoje na Comissão de Orçamento e Finanças, a propósito do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), a presidente da Comissão de Modernização Administrativa, Isabel Ramos, indicou que 183 pedidos de integração no Estado foram aprovados e 108 não aprovados.

Já a presidente da Comissão Bipartida das Finanças afirmou que 99 tiveram parecer positivo e a 382 foi dado parecer negativo.

Contudo, acrescentou, dos recusados, 237 são funcionários de limpeza, cuja falta de vínculo laboral “será resolvida de outra forma” mas não no âmbito do processo PREVPAP.

Ambas as responsáveis disseram que os processos estavam prestes a ser concluídos.

Estas audições foram pedidas, em requerimento, pelo Bloco de Esquerda.

Recomendadas

Floresta diversificada resiste melhor a fogos e secas, revela estudo

Investigadores liderados pelo biólogo William Anderegg, da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, concluíram que uma floresta com uma grande variedade de árvores e de características diversas relacionadas com o fluxo da água sofre menos com os períodos de seca.

Superbrands: há uma marca portuguesa entre as 10 preferidas pelos consumidores

Dentro dos setores avaliados, aqueles mais relevantes são os de motores, eletrónica e moda de consumo, superfícies comerciais e desporto.

Prozis Tech Maia vai representar investimento superior a 15 milhões de euros

Já está em curso o processo de recrutamento para a entrada imediata de 300 colaboradores, sobretudo nas áreas da programação e dos sistemas informáticos.
Comentários