Como transformar uma ideia de negócio em startup? 500 estudantes respondem ao desafio

Programa de empreendedorismo da European Innovation Academy recebe este ano verão 400 estudantes estrangeiros a que se juntam a 100 portugueses.

Ler mais

O European Innovation Academy, programa internacional de empreendedorismo, visa transformar, em apenas 15 dias, uma ideia de negócio numa startup, através de uma metodologia desenvolvida por representantes das Universidades norte-americanas de Berkeley, Stanford e da multinacional Google.  A iniciativa decorre em Cascais, entre 15 de julho e 3 de agosto.

A  edição deste ano em Portugal contará com a presença da maior delegação de sempre da Universidade de Berkeley, que trará cerca de 100 alunos para desenvolverem as suas ideias de projetos no nosso país, revela a organização.

“Esta é a forma mais rápida, em todo o mundo, para se testar uma ideia de negócio, na medida em que no período de apenas três semanas os participantes seguem todos os passos para criarem a sua empresa – desde a ideia ao lançamento”, vinca.

O programa educativo divide-se entre sessões de mentoring e desenvolvimento de tarefas hands-on, onde os participantes têm a oportunidade de trabalhar em conjunto com profissionais e docentes de instituições de referência parceiras da iniciativa, com experiência comprovada em empreendedorismo, e que os guiam durante todo o programa.

“Os participantes da edição anterior dizem-nos que a EIA foi uma experiência que mudou as suas vidas. Os alunos adquirem acesso uma rede internacional e capacidades únicas necessárias para construírem uma carreira de sucesso”, vinca Anni Sinijarv (na foto), CEO da European Innovation Academy.

Em Portugal, o Santander Universidades e a Câmara Municipal de Cascais são os principais parceiros da ‘European Innovation Academy, que conta também com o apoio da Beta-i, da Universidade Nova de Lisboa e da Daimler AG.

 

Recomendadas

Spin-off portuguesa ITSCREDIT apresenta nos EUA app mobile de atribuição de crédito instantâneo

“Vamos demonstrar o potencial do FlowCredit, que consiste numa plataforma que gere e monitoriza todas as fases do ciclo de vida do crédito, permitindo às instituições financeiras a disponibilização dos seus produtos de uma forma simples e inovadora, na medida em que permite uma integração com os modelos de negócio de entidades parceiras”, explica João Lima Pinto, CEO da ITSCREDIT. Na apresentação vão estar os 15 maiores bancos norte-americanos.

Startup Wegho vai contratar em Lisboa e no Porto

A startup, lançada apenas há um ano, conta com 20 colaboradores na rede de serviços e para cima de 3000 utilizadores registados.

Nors abre concurso internacional para startups com 10 mil euros de prémio

As inscrições para o concurso internacional de startups, promovido pelo grupo Nors Digital Disruptos, já está aberto. As candidaturas devem ser enviadas até ao dia 3 de oububro. A startup vencedora ganhará um prémio de 10 mil euros e ainda um ano de incubação.
Comentários