PremiumConheça as novidades que vão pesar na sua carteira em 2020 

Da eletricidade às telecomunicações, são muitos os bens que podem ficar mais caros em 2020. Saiba com o que pode contar no novo ano.

Com o novo ano chegam também as mudanças nos preços, no salários, nas rendas ou nos impostos.

Os salários mínimos nacionais vão ser alvo de um aumento para os 635 euros, que o Governo de António Costa espera que alcance 720 mil trabalhadores. O desenvolvimento normal das carreiras na Função Pública também será retomado, no que diz respeito a mudanças de posicionamento remuneratório, bem como progressões e mudanças de nível ou escalões.

Já no IRS os escalões foram atualizados para um valor abaixo da taxa de inflação prevista para o próximo ano.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Portugal terá a ganhar com acordo tributário global, diz ministro das Finanças

João Leão ressalva, contudo, ser “prematuro retirar consequências diretas para Portugal” deste compromisso, uma vez que este dependerá da forma como a criação de uma taxa mínima global sobre os lucros daquelas empresas e a atribuição de direitos fiscais aos países onde as empresas operam e não apenas onde estão sedeadas se irão articular e também de questões que precisam ainda de ser consensualizadas.

PremiumPatrões e sindicatos: resposta à crise não foi suficiente

Desde a burocracia excessiva no acesso aos apoios à insuficiência das medidas para proteger rendimentos e empresas, tanto patrões, como sindicatos apontam falhas no primeiro ano de João Leão à frente das Finanças portuguesas.

PremiumIRC mínimo global diminui desvantagem fiscal de Portugal

Fiscalistas não estimam grande impacto para economia portuguesa face à dimensão do mercado e antecipam ”poucas” consequências para as empresas.
Comentários