Conselho de Ministros aprova regras para os transportes ferroviários

O Governo alterou também o regime aplicável à empresa Comboios de Portugal.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

Foi esta quinta-feira aprovado em Conselho de Ministros o decreto-lei que estabelece as regras gerais aplicáveis a todos os operadores de transporte ferroviário de passageiros, altera o regime jurídico aplicável à CP – Comboios de Portugal, e revê o regime de gestão e utilização da infraestrutura ferroviária e acesso à atividade ferroviária, transpondo a Diretiva (UE) 2016/2370.

São assim introduzidos no ordenamento jurídico português os requisitos do chamado quarto ‘pacote ferroviário’, que garantem uma maior independência do gestor da infraestrutura no que respeita às funções essenciais, assegurando um acesso equitativo pelas empresas de transporte de passageiros e reforçando uma maior coordenação entre ambos.

Recomendadas

“Violência não beneficiará de qualquer indulgência”, avisa Macron

Presidente francês falou ao país após os tumultos do passado fim-de-semana.

Partido Trabalhista prepara moção de censura ao governo

“Nós vamos apresentar uma moção de censura quando julgarmos que terá sucesso”, justificou o partido, através de um porta-voz, na sequência de uma carta em que de 50 deputados trabalhistas urgem o líder, Jeremy Corbyn, a desafiar o governo.

Central de energia da Mota-Engil no México recebeu primeira unidade de produção

A primeira fase deste projeto, com a entrada em produção prevista para junho de 2019, arranca com um investimento de 2.800 milhões de pesos (121 milhões de euros) para alcançar uma capacidade total de produção de 100 MW.
Comentários