Controlo de gastos e crescimento das receitas fiscais é a análise mais recente da DBRS à Madeira

Outra agência, a Moodys, na passada quarta-feira, dia 10 de abril, alertava para a fraca performance fiscal e para os elevados índices da dívida na Madeira. No entanto, elogiou os esforços de consolidação fiscal que se traduziram em défices reduzidos e na redução dos stocks da dívida comercial.

A DBRS registou na sua mais recente análise à Madeira que o desempenho fiscal melhorou substancialmente nos últimos 5 anos, em particular o controlo de gastos e o crescimento das receitas fiscais. A agência refere que o aumento dos impostos e o crescimento económico permitiu que a Região apresentasse um desempenho económico mais forte.

O défice da Região representava 3% das receitas operacionais no final de 2018 (dados provisórios), abaixo dos muito grandes 74 % no final de 2013.

Enquanto a DBRS realça que a Madeira continua sujeita a constantes mudanças nas suas receitas fiscais, o seu desempenho fiscal global deve permanecer sólido no futuro, com uma posição orçamental quase equilibrada. A agência reconhece que a Madeira tomou “medidas substanciais”para aumentar a transparência e a monitorização à volta da dívida indireta e garantida, mas também para reduzir o stock da dívida.

Já na passada sexta-feira, dia 12 de abril, a DBRS tinha colocado o rating da Madeira em BB, passando assim de um rating de longo termo da Região de estável para positivo.

Outra agência, a Moody’s, na passada quarta-feira, dia 10 de abril, alertava para a fraca performance fiscal e para os elevados índices da dívida na Madeira. No entanto, elogiou os esforços de consolidação fiscal que se traduziram em défices reduzidos e na redução dos stocks da dívida comercial.

Recomendadas

Crédito vencido de sociedades não financeiras em descida na Madeira

O crédito vencido das sociedades não financeiras da Madeira, caiu 3,2%, no espaço de um ano, de acordo com os dados da Direcção Regional de Estatística (DREM). Em 2017 o rácio tinha ficado nos 18% enquanto que em 2018 se cifrou nos 14,8%. esta foi uma queda anual abrupta tendo em conta que por exemplo, […]

Costa considera prioritário tratar dos feridos e apurar causas do acidente na Madeira

O primeiro-ministro expressou solidariedade para com a Madeira, acrescentando que é preciso apurar as causas do acidente, mas que este não mancha o prestígio internacional da Madeira como grande destino turístico.

Margarida Pocinho lamenta abandono de jovens da universidade por dificuldades económicas

A candidata do CDS-PP ao Parlamento Europeu defendeu também a construção de uma nova residência universitária bem como a atracção de estudantes e professores do estrangeiro e do território nacional, e que isso deve ser feito através de fundos comunitários.
Comentários