Coreia do Norte critica “retórica difamatória” de Joe Biden

A propaganda norte-coreana criticou esta quarta-feira a “retórica difamatória” do antigo vice-presidente norte-americano contra o líder norte-coreano e prometeu represálias contra todos que “ousam provocar” Kim Jong-un.

Wallace Woon / EPA via Lusa

A propaganda norte-coreana criticou esta quarta-feira a “retórica difamatória” do antigo vice-presidente norte-americano Joe Biden contra o líder norte-coreano e prometeu represálias contra todos que “ousam provocar” Kim Jong-un.

Durante um comício de campanha no fim de semana passado, Joe Biden acusou o atual Presidente dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump, de fazer dos EUA “uma nação que abraça ditadores e tiranos como [o Presidente russo, Vladimir] Putin e Kim Jong-un”.

Em tom depreciativo, a agência de notícias oficial norte-coreana KCNA notou a “retórica difamatória” de Joe Biden contra Kim, e considerou que o candidato democrata às presidenciais de 2020 foi “imprudente e arrastado pela ambição de poder”.

Além de um “tolo de baixo” QI (quociente de inteligência), o artigo descreveu Biden como um “imbecil desprovido de qualidades elementares como ser humano” e lembrou “episódios questionáveis” da carreira do político norte-americano.

A KCNA destacou as recentes críticas de Biden foi alvo pelo comportamento inapropriado com várias mulheres, as acusações de plágio durante a campanha em 1988, e até imagens de 2011 que mostravam o vice-Presidente norte-americano a dormir durante um discurso do então Presidente Barack Obama.

A nota concluiu que Pyongyang nunca perdoará “ninguém que ouse provocar o líder supremo da República Popular Democrática da Coreia” [nome oficial da Coreia do Norte] e que o regime norte-coreano “certamente fará [Biden] pagar por isso”.

Desde o início da campanha, Biden tem criticado Trump por “abraçar inimigos”, descrevendo o chefe de Estado russo como um “ditador e cleptomaníaco” e Kim como um “bandido que escreve cartas de amor” ao Presidente dos Estados Unidos.

Ler mais
Relacionadas

Joe Biden anuncia candidatura às presidenciais dos EUA

O antigo vice-presidente norte-americano anunciou esta quinta-feira, formalmente, a sua candidatura às eleições presidenciais em 2020, apostando nas ligações à classe trabalhadora e a Barack Obama para marcar posição num cada vez mais liberal Partido Democrata.
Recomendadas

Sánchez culpa Podemos e Cidadãos por cenário de novas eleições em Espanha

O líder socialista espanhol, Pedro Sánchez, culpou hoje o líder do Unidas Podemos, Pablo Iglesias, e o líder do Cidadãos, Alberto Rivera, pela falha de uma solução de Governo, que levará a novas eleições gerais em novembro.

Eurodeputados defendem ações concretas contra desflorestação da Amazónia

Eurodeputados portugueses do BE, PAN, PS, PSD, PCP e CDS-PP defenderam hoje que a União Europeia (UE) deve adotar “ações concretas” para instar as autoridades brasileiras a combater a desflorestação da Amazónia, recentemente devastada por grandes incêndios.

Responsável da ONU diz que indústrias de milhões vão mudar com Cimeira de Ação Climática

A secretária-geral adjunta das Nações Unidas (ONU), Amina Mohammed, estimou hoje que indústrias mundiais de milhares de milhões de dólares mudem com os novos estilos de vida que vão ser encontrados na Cimeira Climática da próxima semana.
Comentários