António Costa diz que “não há nenhum garrote Mário Centeno” no setor da Saúde

Cristas questionou o primeiro-ministro sobre “o rumo” no setor da Saúde, alertando que “os serviços têm estado asfixiados pelo garrote Mário Centeno”. Ao que Costa retorquiu que “não há nenhum garrote Mário Centeno, desde logo porque, como sabe, a área da saúde não está sujeita a cativações e tem enorme liberdade de gestão do orçamento”.

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, questionou hoje o primeiro-ministro António Costa sobre “o rumo” do Governo no âmbito do setor da Saúde, alertando que “os serviços têm estado asfixiados pelo garrote Mário Centeno”. Ao que Costa retorquiu que “não há nenhum garrote Mário Centeno, desde logo porque, como sabe, a área da saúde não está sujeita a cativações e tem enorme liberdade de gestão do orçamento”.

“O Orçamento do Estado vai prever 50 milhões de euros para o Hospital de Gaia? E os 20 milhões para o Hospital de São João? E as verbas necessárias para o pagamento das horas extra aos profissionais de saúde?”, perguntou Cristas. Na resposta, Costa assegurou: “Neste Orçamento do Estado vamos repor tudo o que foi cortado na anterior legislatura, 1% do PIB. Vamos fazer tudo para um Serviço Nacional de Saúde universal e tendencialmente gratuito”.

Importa salientar que Mário Centeno não marcou presença no debate quinzenal de hoje na Assembleia da República.

Relacionadas

Cristas questiona Costa: “Vai eliminar a sobretaxa dos combustíveis neste Orçamento do Estado ou não?”

“O Orçamento do Estado ainda está a ser concluído”, respondeu o primeiro-ministro, dando a entender que a sobretaxa não vai ser eliminada. A líder do CDS-PP alertou para o impacto dos preços dos combustíveis “nas vidas dos cidadãos e das empresas”.

António Costa diz que Orçamento de Estado vai alargar incentivos às empresas

No OE 2019 “estarão presentes medidas que melhoram os rendimentos, mas também medidas que alargam os incentivos às empresas no reinvestimento dos seus lucros, e do apoio à inovação e à qualificação dos seus trabalhadores”. Costa disse ainda que vai “repor integralmente o financiamento [investimento] ao Serviço Nacional de Saúde”

António Costa enaltece “sucesso inquestionável” da criação de emprego

Na abertura do debate quinzenal de hoje no Parlamento, o primeiro-ministro destacou os “321 mil postos de trabalho” que foram “criados desde o início da legislatura”. Para Costa, trata-se de um “sucesso inquestionável”, baseado em dois fatores: “confiança” e “novas condições para o investimento”.
Recomendadas

PiS com resultados modestos nas eleições regionais da Polónia

Este resultado dá maior força ao Partido da Lei e da Justiça no seu conflito com a União Europeia sobre os padrões democráticos. Os resultados finais das eleições serão divulgados pela comissão eleitoral a meio da próxima semana.

Eleições regionais na Polónia são teste para o governo eurocético

Os polacos votam este domingo, 21 de outubro, numa eleição com uma vitória esperada para o partido governista Lei e Justiça (PiS), cuja retórica nacionalista e reformas institucionais colocaram o país em disputa com a União Europeia.

Gorbachev critica “falta de sabedoria” de Trump pela retirada dos EUA do tratado nuclear

O último dirigente soviético, Mikhail Gorbachev, criticou este domingo, 21 de outubro, a “falta de sabedoria” de Donald Trump, por ter decidido a retirada dos Estados Unidos do tratado nuclear, assinado com a Rússia, em 1987.
Comentários