Crânio mais antigo do mundo encontrado em Portugal

Fóssil humano foi descoberto na gruta da Aroeira e vai ser a peça central de uma exposição que abre no mês de outubro no Museu Nacional de Arqueologia, em Lisboa.

O crânio tem cerca de 400 mil anos. É da altura média do Pleistoceno, que cobre o período desde há 2,5 milhões de anos até há 11,5 mil anos, num local tão ocidental da Europa.

“Estudo estes locais há mais de 30 anos e já recuperámos muitos dados, mas a descoberta de um crânio humano desta idade e importância é sempre um momento muito especial”, afirmou João Zilhão, um dos arqueólogos responsáveis pela descoberta.

O crânio foi encontrado na gruta da Aroeira, concelho de Torres Novas. As conclusões foram hoje apresentadas num estudo publicado na edição desta semana do boletim da Academia Nacional das Ciências dos Estados Unidos, como noticia a Lusa.

“O crânio da Aroeira é o fóssil humano mais antigo já encontrado em Portugal e partilha algumas características com outros fósseis deste período descobertos em Espanha, França e Itália”, afirmou o arqueólogo Ralf Quam, da universidade norte-americana de Binghamton, citado pela Lusa.

 

Recomendadas

Britânicos vão poder viajar para Portugal sem ter de fazer quarentena

O secretário do Estado dos Transportes do Reino Unido divulgou as listas verde, âmbar e vermelha para viagem. Na lista de maior alerta encontram-se Índia, África do Sul ou Brasil, cujos residentes continuam a estar sujeitos a onze noites de quarentena num hotel pago pelo turista/visitante.

Task force: “Ontem foi alcançada a marca de 1 milhão de pessoas com vacinação completa em Portugal continental” (com áudio)

O grupo responsável pelo processo de vacinação em Portugal informou que esta quinta-feira foram administradas cerca de 100 mil vacinas, número que se deverá registar igualmente no dia de hoje.

ICPT debate uma nova estratégia para combater a Covid-19 com Manuel Pinto Coelho. Veja em direto

Manuel Pinto Coelho, médico e doutorado em Ciências da Educação, intervém esta sexta-feira no almoço-debate do IPCT com o tema “Covid-19: Uma Nova Estratégia”. O Jornal Económico é media partner deste evento
Comentários