Crescimento da zona euro acelera para 1,2% no primeiro trimestre

Economia da zona euro registou uma taxa de variação em cadeia de 0,4% nos primeiros três meses do ano, o que representa um acelerar face ao último trimestre de 2018.

O Produto Interno Bruto (PIB) na zona euro cresceu 1,2% em termos homólogos no primeiro trimestre do ano. Os dados divulgados esta quarta-feira pelo Eurostat, confirmam a estimativa rápida do organismo de estatística da União Europeia.

Em cadeia, a economia da zona euro acelerou 0,4% nos primeiros três meses do ano, que compara com os 0,2% do quarto trimestre de 2018.

Já Portugal cresceu 1,5% no primeiro trimestre face a período homólogo, segundo os dados do INE replicados no comunicado do Eurostat. Face ao trimestre anterior, a economia nacional cresceu 0,5%.

A União Europeia cresceu 1,5% no primeiro trimestre. Um crescimento que fica acima dos 3,2% registados nos Estados Unidos

A Comissão Europeia antecipa que o crescimento da economia na zona euro deverá abrandar para 1,2% este ano, pressionado pelo abrandamento da economia e do comércio global. Nas previsões de primavera, divulgadas a 7 de maio, Bruxelas reviu em baixa ligeira as estimativas sobre o crescimento do PIB médio dos 19 países da moeda única face aos 1,3% projetados em fevereiro.

Recomendadas

Berardo: Bens pessoais de empresário estão na mira da justiça

Ações, títulos, depósitos e participações não bastam para liquidar dívida. Penhorar património pessoal de Berardo poderá ser a solução.

Amazon: ações podem chegar aos três mil dólares nos próximos dois anos, estima Bloomberg

A avaliação de três mil dólares por título implica uma capitalização bolsista de 1,47 mil milhões de dólares (1,31 mil milhões de euros).

As cidades com os táxis mais caros (e mais baratos) do mundo

O Deutsche Bank fez uma pesquisa onde elenca 55 cidades e os respetivos preços médios para utilizar o táxi. Lisboa está em 34.º lugar de uma lista que coloca Zurique no primeiro lugar e Amesterdão em segundo.
Comentários