CTT compromete-se a analisar as recomendações da Anacom

A empresa reagiu à decisão da autoridade reguladora, e afirma que cumpre com as melhores práticas de medição de qualidade.

Os CTT já responderam, em comunicado oficial, à decisão da ANACOM de impor alterações ao sistema de medição dos indicadores de qualidade da instituição, afirmando que os CTT “são os primeiros e principais interessados numa medição correta, íntegra e fidedigna, tudo fazendo permanentemente para que o processo seja um dos contributos para as constantes iniciativas de melhoria contínua”.

Nesse quadro, e segundo o comunicado, “o sistema de medição de qualidade do serviço postal universal segue as melhores práticas de medição de qualidade do setor postal europeu, estando em conformidade com as normas emitidas neste âmbito pelo Comité Europeu de Normalização (CEN)”.

Os CTT recordam ainda que, nos termos da Lei, desde outubro de 2016 que a medição é feita por uma entidade externa, no caso a consultora Pw). De qualquer modo, “os CTT irão analisar com detalhe o sentido provável de decisão da ANACOM e as recomendações efetuadas sobre esta matéria”.

Os CTT – Correios de Portugal são o operador postal universal em Portugal, sendo líderes em correio e em distribuição de expresso e encomendas, desenvolvendo também atividades de serviços financeiros e sendo os únicos acionistas do Banco CTT. Operam também em expresso e encomendas em Espanha e em Moçambique.

Relacionadas

Anacom determina alterações ao sistema de medição dos indicadores de qualidade dos CTT

A auditoria concluiu que o cálculo dos valores dos indicadores de qualidade de serviço (IQS) foi efetuado de acordo com a metodologia definida e apenas se registaram erros no apuramento dos valores de dois.
Recomendadas

Ana Brazão do GEOTA: “Temos que desmistificar o papel das barragens na luta contra as alterações climáticas”

Engenheira ambiental e coordenadora do projeto Rios Livres do GEOTA, Ana Brazão diz que as barragens emitem gases com efeito de estufa e alerta para o impacto nos ecossistemas dos rios que “são hoje os ‘habitats’ mais ameaçados do planeta”. Em alternativa, defende a aposta na eficiência energética. E antecipa a 2ª Cimeira Europeia dos Rios que vai realizar-se no Porto, em 2020.

Navigator estima perda de 10 mil toneladas de papel devido à paragem de produção na Figueira da Foz

A suspensão temporária da fábrica deveu-se ao furacão Leslie, que passou por Portugal no final da semana. Em comunicado enviado esta sexta-feira, a empresa da pasta e do papel informou que a água, a eletricidade e as telecomunicações do centro fabril já foram restabelecidos.

Multicare: valor de prémios anual atinge 270 milhões de euros em 2017

A marca também reforçou a liderança do mercado de seguros de saúde em Portugal, alcançando uma quota de mercado de 37%, em setembro último.
Comentários