Daesh reivindica ataque terrorista em Barcelona

Agência de propaganda do grupo terrorista, a Amaq diz que os autores do ataque “são soldados do Estado Islâmico e levaram a cabo a operação em resposta aos apelos para atacar Estados da coligação”,

Ler mais

O Daesh reivindicou o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona, em que uma carrinha abalroou dezenas de pessoas e provocou 13 mortos e 80 feridos.

A agência de propaganda do grupo terrorista, a Amaq, anunciou que “os autores do ataque de Barcelona são soldados do Estado Islâmico e levaram a cabo a operação em resposta aos apelos para atacar Estados da coligação”, cita a Reuters.

As reações ao atentado sucedem-se. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa já mostraram solidariedade com o povo espanhol, numa mensagem enviado ao Rei de Espanha, Filipe VI, e ao Presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy.

“Queremos por isso manifestar a total solidariedade de Portugal inteiro para com o nosso Povo irmão de Espanha mas também a nossa mais clara condenação por este ato terrorista. Consideramos ainda que é de reiterar nesta dura ocasião a importância de uma Europa unida no combate ao terrorismo e na defesa constante e permanente dos valores da democracia, da promoção da paz e do respeito pelos direitos humanos”, salientam na mensagem divulgada no site da Presidência.

O Rei de Espanha condenou no Twitter o atentado, escrevendo que “São uns assassinos, simplesmente uns criminosos que não nos irão aterrorizar. Toda a Espanha é Barcelona. As Ramblas voltarão a ser de todos”.

 

Também Mariano Rajoy escreveu que “os terroristas nunca irão derrotar um povo unida que ama a liberdade frente à barbárie. Toda a Espanha está com as vítimas e famílias”, no sua conta do Twitter.

Relacionadas

Barcelona: Polícia procura segunda carrinha envolvida

Testemunhas no local afirmam que condutor fugiu a pé.

Atropelamento em Barcelona foi ataque terrorista

Estações de metro e comboio da zona já foram encerradas.

Carrinha abalroa várias pessoas nas Ramblas de Barcelona

Uma carrinha atropelou dezenas de pessoas nas Ramblas em Barcelona, esta quinta-feira, noticia o El País. Pelo menos dois mortos e 20 feridos.
Recomendadas

Irão diz que o seu petróleo não vai deixar de chegar aos mercados

Em causa estão as sanções impostas pelos norte-americanos, que serão mais severas a partir de novembro. China e Índia, principais clientes do Irão, não vão cumprir o embargo que Trump quer impor.

Prioridade da bicicleta como meio de transporte vai ser inscrita na Constituição da Suíça

Três em cada quatro eleitores suíços aprovaram em referendo a introdução de um novo princípio constitucional: a prioridade da bicicleta como meio de transporte, mediante políticas públicas focadas nesse objetivo e melhoria das infra-estruturas.

Um negócio de luxo: Michael Kors vai comprar Versace por 1,7 mil milhões

Versace, a casa de moda italiana fundada por Gianni Versace há 40 anos, vai ser comprada por Michael Kors por 2 mil milhões de dólares.
Comentários