Défice da balança de bens agravou-se para 1.901 milhões de euros

O saldo conjunto das balanças corrente e de capital foi negativo em 2.614 milhões de euros até maio, agravando-se face aos 1.303 milhões de euros negativos do mesmo período de 2018, divulgou hoje o Banco de Portugal.

O défice da balança de bens aumentou 1.901 milhões de euros até maio o e o excedente da balança de serviços diminuiu 25 milhões de euros durante o mesmo período.

Já o saldo conjunto das balanças corrente e de capital, nos primeiros cinco meses do ano, fixou-se em 2614 milhões de euros negativos, o que compara com um défice de 1303 milhões de euros em igual período de 2018, informa o Banco de Portugal (BdP), esta quarta-feira.

Relativamente ao défice da balança de rendimento primário, este reduziu-se em 201 milhões de euros comparativamente ao período homólogo, para 2850 milhões de euros. De acordo com os dados, esta variação resultou, principalmente, da redução dos juros pagos a entidades não residentes.

Até maio deste ano, as exportações de bens e serviços cresceram 4,8% (4,4% nos bens e 5,7% nos serviços) e as importações aumentaram 10,3% (10,2% nos bens e 11,2% nos serviços).

O saldo da balança financeira registou uma redução dos ativos líquidos de Portugal face ao exterior de 2197 milhões de euros .

Os passivos aumentaram, refletindo o investimento de não residentes em títulos de dívida pública portuguesa e em sociedades não financeiras residentes. “Esta evolução foi parcialmente compensada pelo aumento de ativos financeiros no exterior, através do investimento dos bancos residentes em títulos de dívida emitidos por não residentes, e pela redução de depósitos de não residentes em bancos residentes”, lê-se no comunicado do BdP.

Ler mais

Recomendadas

Produção industrial alemã cai para mínimos de uma década

Produção nas fábricas da Alemanha recuou para 5,7% em outubro. Economia da Alemanha volta a dar sinais de fraqueza, depois de ter escapado a uma recessão técnica no terceiro trimestre.

Governo formaliza benefícios fiscais em troca de investimentos de 68 milhões

Estes benefícios fiscais foram concedidos a quatro empresas por apresentarem um “particular interesse para a economia nacional”.

Greta Thunberg já chegou a Madrid para participar em greve climática com 100 mil manifestantes

A ativista ambiental vai participar numa manifestação esta sexta-feira na capital espanhola, com 100 mil participantes a exigir medidas para combater as alterações climáticas.
Comentários