Deputados do PSD questionam Governo Central sobre apoio consular à comunidade portuguesa em Jersey

A pergunta ao Governo vai no sentido de saber se está a ponderar a possibilidade de dotar o Consulado-Honorário de St. Helier dos meios técnicos e humanos necessários para a emissão do Cartão de Cidadão.

Os deputados do PSD questionaram o Governo da República sobre o apoio consular à comunidade portuguesa residente em Jersey. Em causa está o facto de o Consulado-Honorário de Portugal em St. Helier, não dispor de meios técnicos e humanos para a emissão do Cartão de Cidadão.

“Para conseguirem obter o cartão de cidadãos estes portugueses têm de recorrer aos serviços do Consulado-Geral de Portugal em Londres, ou, na maior parte das vezes, aos serviços em Portugal”, alertam os sociais democratas que foram eleitos pela Madeira para a Assembleia Legislativa da Madeira.

Apesar do bom trabalho realizado pelo consulado no apoio à comunidade, os deputados madeirenses consideram que este “não está apto” para dar resposta às necessidades da comunidade que ali reside.

Os sociais democratas questionam o executivo liderado por António Costa sobre a possibilidade de se dotar o Consulado-Honorário de St. Helier dos meios técnicos e humanos necessários para a emissão do Cartão de Cidadão, tendo em conta que nas Ilhas de Jersey vive uma comunidade portuguesa estimada em cerca de 13 mil pessoas.

Recomendadas

Rui Rio diz que o Governo socialista engana permanentemente os portugueses

“O grande engano é quando nos vendem uma situação económica de quase milagre económico e depois todos descobrimos que não pode fazer isto e aquilo porque não têm meios”, disse Rui Rio, no encerramento do XVII Congresso do PSD/Madeira, no Funchal, em que Miguel Albuquerque foi reeleito presidente.

“Trabalhar na hotelaria não é sexy”, defende gestor hoteleiro

Num painel sobre formação em turismo, André Barreto, gestor hoteleiro e economista, explicou que “não está na moda” por exemplo ser recepcionista enquanto que outras áreas do turismo como barman e cozinheiro têm ganho outro destaque.

Dívida Pública da Madeira cresce 3,6% do segundo para o terceiro trimestre de 2018

No ano de 2017 a dívida registou o valor mais alto dos últimos 10 anos. A dívida apresentou uma subida de 5,8% entre o segundo trimestre de 2017 e 2018.
Comentários