Descida do desemprego este Verão iguala a que ocorreu com a Expo98

Redução de 1,3 pontos percentuais na taxa de desemprego tem poucos precedentes nas últimas duas décadas. Só em 2015 houve uma descida mais acentuada. Antes disso, só em 1998 houve um registo semelhante.

A descida da taxa de desemprego no segundo trimestre foi superior à antecipada pela generalidade dos analistas, atingindo uma magnitude pouco comum nas séries estatísticas do Instituto Nacional de Estatística (INE).

A descida de 1,3 pontos percentuais, de 10,1% no primeiro trimestre para 8,8% no segundo deste ano, só é superada pela que ocorreu em 2015, quando a taxa de desemprego desceu de 13,7% para 11,9%.

Antes disso, uma redução desta magnitude só encontra paralelo no ano de 1998, segundo os dados do organismo de estatística.

Nesse ano, entre maio e Setembro, realizou-se a Expo 98 em Lisboa. Os milhares de postos diretos e indiretos criados com o início desse evento foram um contributo determinante para que a taxa de desemprego diminuísse também 1,3 pontos percentuais, passando de 5,8% no primeiro trimestre para 4,5% no segundo.

Recomendadas

Ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa não estão asseguradas na manhã e início da tarde deste sábado

Entre as 7h25 e as 14h55, no sentido entre o Barreiro e Lisboa, e entre as 7h55 e às 15h25, no sentido contrário, as ligações não estão asseguradas, estando os horários “sujeitos a confirmação”, diz Soflusa em comunicado.

Irão anuncia captura de petroleiro britânico

Esta situação acontece no mesmo dia em Gibraltar estendeu por trinta dias o período de retenção do petroleiro iraniano Grace 1, retido há quase duas semanas neste território por suspeitas transporte de crude para a Síria.

Azeredo Lopes sabia desde o início do “encobrimento”, diz despacho do MP sobre Tancos

Segundo o despacho do MP, os procuradores do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) sustentam que, em agosto de 2017, dois meses antes do “achamento”, Azeredo Lopes teve uma reunião no Ministério da Defesa com o ex-diretor da Polícia Judiciária Militar, Luís Vieira, na qual foi informado – e deu o aval – do plano para a recuperação do material.
Comentários