Desemprego desce 2,5% num ano na Madeira

O setor dos serviços emprega quase 91 mil pessoas na Madeira e o setor da indústria, construção, energia e água foi o que mais cresceu em termos de empregabilidade face ao ano de 2016.

Jose Manuel Ribeiro/Reuters

O boletim ‘Madeira em Números’ da Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) diz que em 2017 a taxa de desemprego passou de 12,9% para 10,4%, baixando 2,5% face ao ano anterior, numa tendência decrescente que já se verifica desde o ano de 2014 na região autónoma.

Os dados do organismo regional referem que 63,1% e 51,3% dos homens e das mulheres estão em situação de emprego. Por grupo etário o maior número de população empregada situa-se na faixa dos 25 aos 64 anos, representando quase 105 mil pessoas, cerca de 8 mil pessoas com 65 e mais anos, e à volta das 7 mil entre os 15 e os 24 anos.

Verifica-se ainda um aumento da população empregada em todos os grupos etários face ao ano de 2016.

O setor dos serviços é o que mais emprego dá aos madeirenses, com quase 91 mil pessoas, seguido pela indústria, construção, energia e água que emprega com cerca de 15 mil pessoas, áreas que também apresentaram o maior índice de crescimento em termos de empregabilidade entre os anos de 2016 e 2017, contando com mais 2 mil postos de trabalho, no período em análise.

O setor da agricultura, produção animal, caça e pesca, é dos que mais emprego traz à Madeira com 13 mil pessoas em 2017.

A taxa de atividade aumentou entre os anos de 2016 e 2017 a par com a taxa de emprego, e a taxa de desemprego diminuiu, bem como o desemprego de longa duração.

Ler mais
Recomendadas

Primeiro Ciclo do Ensino Básico Recorrente tem 463 alunos na Madeira

Estes cursos permitem que adultos de todas as idades adquiram competências básicas de leitura, escrita e cálculo.

Artista Carlos Valente apresenta exposição de pintura aumentada

O artista explica que se trata de concentrar o olhar no pormenor e no fragmento, para destacar elementos plástico-formais que considera exemplares para pensar a técnica, o estilo e as opções temáticas do pintor.

Jardim dos Sabores junta gastronomia e talentos artísticos e culturais madeirenses

A promoção da sustentabilidade ambiental é um dos pilares do projeto, sendo que durante o evento vai ser proibido o uso de palhinhas e de copos de plástico, que dão lugar aos copos reutilizáveis.
Comentários