Desenvolvimento do comércio interno apoiado pelo crédito especializado

Associações ligadas à Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) forneceram 777 milhões de euros em crédito, em fevereiro deste ano, mais 13,7% do que no período homólogo de 2017.

Ler mais

O crédito concedido pelos membros da Associação de Instituições de Crédito Especializado cresceu 13,7% em fevereiro de 2018, face a igual mês do ano passado, para 777 milhões de euros, anunciou aquela entidade, esta segunda-feira.

Este aumento deveu-se à subida de 23,7% do crédito clássico concedido a particulares, para 248 milhões de euros, representando 32% dos montantes emprestados.

Segundo a associação, este impulso está na mesma linha da taxa de desemprego que em fevereiro terá baixado para os 7,8%, permanecendo abaixo dos 8%, algo que já não se verificava desde o verão de 2004, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Isto significa que há mais consumidores que estão financeiramente mais seguros porque têm emprego. A aquisição de meios de transporte permanece como a representação da maioria dos empréstimos concedidos com um empréstimo de 21% em fevereiro último, registando um total de 174 milhões de euros, quando comparado com o ano de 2017. Já o crédito pessoal aumentou 12,7% em relação ao ano transato.

Ainda sobre os meios de transporte as verbas financiadas para as viaturas ligeiras de passageiros usados subiram 22,8% no segundo mês de 2018, comparativamente a Fevereiro de 2017, o que na prática representa 71,3% dos meios de transporte financiados. Estes valores demonstram que as pequenas e médias empresas estão a regressar à atividade contribuindo para o crescimento nacional.

O valor médio dos contratos de crédito ficou situado nos 7.262 euros. O número de contratos de crédito celebrados subiu para 21%, quando verificado o mesmo mês de 2017, sendo a grande maioria destinado aos particulares, com 97,7%. Este relatório da ASFAC elaborado em fevereiro de 2018 aponta para uma melhoria do nível de vida dos portugueses.

Recomendadas

Porto ultrapassa Lisboa nos preços do alojamento local

Ao contrário do que se verificava tradicionalmente, os valores em Lisboa subiram 11,6%, enquanto que, no Porto, o aumento atingiu os 17,5%.

Angola: Filho de José Eduardo dos Santos em prisão preventiva

Associação criminosa, falsificação, tráfico de influências, burla, peculato e branqueamento de capitais são os crimes imputados a José Filomeno dos Santos.

Taxistas acusam gabinete do primeiro-ministro de “manobra de diversão”

Representantes do setor do táxi reuniram-se hoje à tarde com um assessor de António Costa para a área económica.
Comentários